Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Ode à amizade

Marisa Monte encanta o público paulista


Sara Saar
Do Diário do Grande ABC

23/06/2012 | 07:13


Por trás de tela transparente, ela surge ao palco empunhando o seu ukulele. Ainda sem o acompanhamento da banda e com a iluminação apenas sobre si, Marisa Monte impressiona o público ao soltar a voz potente, levemente rouca, para entoar "Blanco", do disco "Barulhinho Bom" (1996). Era a estreia da turnê "Verdade, Uma Ilusão", que ocorreu no HSBC Brasil, em São Paulo, na quinta-feira.

Marcado para 21h30, o espetáculo só teve início uma hora depois. Com o trânsito carregado e a chuva incessante, muitos chegavam por volta das 22h. É certo: quem conseguiu ser pontual deixou a casa, depois de aproximadamente uma hora e meia de show, com a sensação de que valeu muito a pena ter esperado cada minuto de atraso.

Expressões como "maravilhosa", "incrível" e "linda" eram inevitáveis durante a apresentação a ponto de Marisa Monte falar que só estariam amigos seus na plateia. Em outros momentos, a cantora não deixava de responder aos elogios com o seu comedido "muito obrigada".

Depois da música "O que Você Quer Saber de Verdade", do álbum homônimo, cantou "Descalço no Parque". Nesse momento, a tela transparente foi levantada e Marisa Monte, ovacionada. "Boa noite. Estou feliz por estar em São Paulo, onde eu sou sempre tão bem recebida", disse a intérprete antes de emendar "Arrepio".

Assim como as interpretações primorosas, o aparato visual sofisticado do espetáculo impressionou o público. Trabalhos de artistas plásticos consagrados eram projetados em seis multitelas - dispostas em camadas - que proporcionavam a sensação de 3D.

Durante o espetáculo, vazamento insistia em cair sobre a cantora, que comentou de maneira bem-humorada: "Cara, estou me sentindo muito em São Paulo. Está garoando em cima de mim. Que bom, até a chuva quer ver o show". Ela deu sequência à apresentação sem deixar que a goteira atrapalhasse a sua performance.

O público ainda pôde conferir série de sucessos como "Infinito Particular". Em "ECT", Marisa Monte fez tributo. "Cássia eternizou esta música. Sinto falta dela como referência", disse. Antes de entoar "Beija Eu", citou grande companheiro: "Se havia alguém que eu ambicionava ser parceira quando comecei, era Arnaldo. "Beija Eu" é a nossa primeira parceria."

A turnê segue até o dia 15, de quinta a domingo, no HSBC Brasil. Ingressos podem ser comprados pelo site www.ingressorapido.com.br.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ode à amizade

Marisa Monte encanta o público paulista

Sara Saar
Do Diário do Grande ABC

23/06/2012 | 07:13


Por trás de tela transparente, ela surge ao palco empunhando o seu ukulele. Ainda sem o acompanhamento da banda e com a iluminação apenas sobre si, Marisa Monte impressiona o público ao soltar a voz potente, levemente rouca, para entoar "Blanco", do disco "Barulhinho Bom" (1996). Era a estreia da turnê "Verdade, Uma Ilusão", que ocorreu no HSBC Brasil, em São Paulo, na quinta-feira.

Marcado para 21h30, o espetáculo só teve início uma hora depois. Com o trânsito carregado e a chuva incessante, muitos chegavam por volta das 22h. É certo: quem conseguiu ser pontual deixou a casa, depois de aproximadamente uma hora e meia de show, com a sensação de que valeu muito a pena ter esperado cada minuto de atraso.

Expressões como "maravilhosa", "incrível" e "linda" eram inevitáveis durante a apresentação a ponto de Marisa Monte falar que só estariam amigos seus na plateia. Em outros momentos, a cantora não deixava de responder aos elogios com o seu comedido "muito obrigada".

Depois da música "O que Você Quer Saber de Verdade", do álbum homônimo, cantou "Descalço no Parque". Nesse momento, a tela transparente foi levantada e Marisa Monte, ovacionada. "Boa noite. Estou feliz por estar em São Paulo, onde eu sou sempre tão bem recebida", disse a intérprete antes de emendar "Arrepio".

Assim como as interpretações primorosas, o aparato visual sofisticado do espetáculo impressionou o público. Trabalhos de artistas plásticos consagrados eram projetados em seis multitelas - dispostas em camadas - que proporcionavam a sensação de 3D.

Durante o espetáculo, vazamento insistia em cair sobre a cantora, que comentou de maneira bem-humorada: "Cara, estou me sentindo muito em São Paulo. Está garoando em cima de mim. Que bom, até a chuva quer ver o show". Ela deu sequência à apresentação sem deixar que a goteira atrapalhasse a sua performance.

O público ainda pôde conferir série de sucessos como "Infinito Particular". Em "ECT", Marisa Monte fez tributo. "Cássia eternizou esta música. Sinto falta dela como referência", disse. Antes de entoar "Beija Eu", citou grande companheiro: "Se havia alguém que eu ambicionava ser parceira quando comecei, era Arnaldo. "Beija Eu" é a nossa primeira parceria."

A turnê segue até o dia 15, de quinta a domingo, no HSBC Brasil. Ingressos podem ser comprados pelo site www.ingressorapido.com.br.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;