Fechar
Publicidade

Sábado, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

É preciso sanear


Do Diário do Grande ABC

23/04/2021 | 00:35


O corte de dez secretarias, passando de 22 para 12, em Ribeirão Pires é ato que precisa ser enaltecido. Em época na qual a pandemia de Covid-19 elevou os gastos, principalmente com saúde, e reduziu as receitas originárias dos tributos municipais, qualquer medida que reduza os custos deve ser implementada. A única ressalva é que o munícipe não pode ser prejudicado. Todos os moradores necessitam ter seus direitos preservados.

Ontem, a Câmara aprovou a reforma administrativa proposta pelo prefeito Clóvis Volpi, que extinguiu pastas e baixou o número de funcionários sem concurso de 497 para 363. Isso representará, nas contas do Executivo, economia anual de R$ 4 milhões, o que equivale a 18,77% da atual folha de pagamento. Se o valor realmente for alcançado e mantiver-se por todo o mandato, totalizará R$ 16 milhões poupados.

Volpi tem de ser habilidoso com o caixa da Prefeitura. Principalmente porque, desde o início do governo, não cansa de apregoar que recebeu de seu antecessor, Adler Kiko Teixeira, dívidas que chegam a R$ 238,8 milhões. E que, deste total, R$ 90 milhões são restos a pagar (passivo de curto prazo).

E para que possa ter mais clareza no manuseio dos recursos, torna-se vital a implantação da corregedoria e controladoria internas, instituições que estão no escopo do pacote de mudanças avalizado pelo Legislativo ribeirão-pirense e que irão acompanhar a elaboração de contratos e também os gastos da cidade.

Enfrentando dificuldades, Ribeirão Pires conseguiu manter o hospital de campanha, importante equipamento no enfrentamento ao coronavírus, mas que esteve bem perto de ser fechado por falta de verbas. Só permaneceu ativo após socorro enviado pelos governos estadual e federal.

O mesmo não ocorreu com o atendimento a mulheres vítimas de violência. O serviço, que já mereceu destaque nas páginas deste Diário pela efetividade de atuação, foi alterado, o que gerou protestos de ativistas locais. Tomara que tais mudanças não causem prejuízo em área tão sensível. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;