Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Embaixador brasileiro critica empresários argentinos


Do Diário do Grande ABC

24/04/2000 | 16:18


O embaixador do Brasil na Argentina, Sebastiao do Rego Barros, criticou nesta segunda-feira os empresários locais que pedem proteçao ao governo argentino, advertindo-os de que no futuro terao que se adaptar às novas condiçoes do Mercosul "ou morrer".

Empresários argentinos, principalmente do setor industrial, têm reclamado medidas de proteçao, alegando que a desvalorizaçao do real prejudicou as exportaçoes argentinas dentro do Mercosul. Além disso, afirmam que o governo brasileiro aplica políticas protecionistas às suas exportaçoes.

Contudo, dados publicados nesta segunda-feira pelo jornal La Nación indicam que as vendas argentinas ao Brasil estao aumentando e que está crescendo o superávit comercial com o país vizinho.

Em declaraçoes à imprensa, o embaixador brasileiro disse que há empresas argentinas "que preferem queixar-se, receber proteçao e viver às custas de seu governo".

"Quando se entra em um acordo de integraçao econômica é para aumentar a competitividade, nao para ficar disputando entre sócios o mesmo mercado. Quando se conseguir isso, (a maior concorrência), o consumidor do bloco terá um produto melhor, mais barato e aumentará a possibilidade de competir também em terceiros mercados", acrescentou.

Rego Barros disse que "as empresas argentinas nao podem ficar brigando porque passaram mais dois metros de tecido do Brasil". "Pode-se negociar uma transiçao, mas algumas indústrias argentinas terao que se adaptar ou morrer", acrescentou o embaixador.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;