Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Trump nomeia Mark Esper como secretário de Defesa dos EUA

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


22/06/2019 | 09:59


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nomeou na sexta-feira à noite (21) o secretário do Exército do país, Mark Esper, como novo secretário de Defesa americano. Trump também nomeou David Norquist como vice-secretário de Defesa e o subsecretário do Exército, Ryan McCarthy, para suceder Esper como novo secretário do Exército.

Apesar de Esper ter sido designado como secretário interino da Defesa, as regras federais determinam que ele se mantenha temporariamente afastado do posto enquanto se prepara para o processo de confirmação. Por isso, o secretário da Marinha dos EUA, Richard Spencer, próximo na linha de sucessão de autoridades confirmadas pelo Senado no Pentágono, deve servir como secretário interino da Defesa nas próximas semanas, enquanto Esper aguarda a aprovação de sua nomeação pelo Senado, segundo funcionários do governo americano.

Com este processo, determinado pelas regras e pelo status dos altos funcionários do departamento de Defesa, o Pentágono continuará sem uma liderança estável ao menos nas próximas semanas, no momento em que a Casa Branca cogita um possível conflito militar com o Irã e lida com outras questões de segurança nacional.

Esper será o quarto secretário de Defesa em três anos de administração Trump. O ex-secretário de Defesa, Jim Mattis, deixou a pasta no ano passado devido a divergências com Trump e foi sucedido pelo secretário interino Pat Shanahan, que anunciou seu afastamento do cargo na última quarta-feira (19) para voltar à vida privada. Trump nunca sinalizou que nomearia formalmente Shanahan, que ocupa o cargo desde 1º de janeiro.

Esper, de 55 anos, foi confirmado em 2017 para a atual posição de secretário do Exército, um dos poucos altos funcionários do Pentágono a comparecer perante os senadores para aprovação. Sua nomeação para se tornar secretário de Defesa exigirá um novo processo de confirmação. Mas Esper é bem visto por alguns parlamentares, com quem tem relações estabelecidas desde quando atuava no setor privado e, antes disso, tinha uma carreira no Capitólio, nos anos 1990.

Esper pode enfrentar questionamentos sobre sua familiaridade com estratégias militares, dado que, como secretário do Exército, seu papel era treinar, equipar e recrutar, e não administrar as diversas questões globais de segurança nacional e de relações externas que terá de enfrentar como secretário de Defesa.

Esper deve viajar à Europa na próxima semana para uma reunião ministerial do Tratado do Atlântico Norte em Bruxelas. A audiência de confirmação de Esper, antes de um painel do Senado, é esperada para julho. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Trump nomeia Mark Esper como secretário de Defesa dos EUA


22/06/2019 | 09:59


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nomeou na sexta-feira à noite (21) o secretário do Exército do país, Mark Esper, como novo secretário de Defesa americano. Trump também nomeou David Norquist como vice-secretário de Defesa e o subsecretário do Exército, Ryan McCarthy, para suceder Esper como novo secretário do Exército.

Apesar de Esper ter sido designado como secretário interino da Defesa, as regras federais determinam que ele se mantenha temporariamente afastado do posto enquanto se prepara para o processo de confirmação. Por isso, o secretário da Marinha dos EUA, Richard Spencer, próximo na linha de sucessão de autoridades confirmadas pelo Senado no Pentágono, deve servir como secretário interino da Defesa nas próximas semanas, enquanto Esper aguarda a aprovação de sua nomeação pelo Senado, segundo funcionários do governo americano.

Com este processo, determinado pelas regras e pelo status dos altos funcionários do departamento de Defesa, o Pentágono continuará sem uma liderança estável ao menos nas próximas semanas, no momento em que a Casa Branca cogita um possível conflito militar com o Irã e lida com outras questões de segurança nacional.

Esper será o quarto secretário de Defesa em três anos de administração Trump. O ex-secretário de Defesa, Jim Mattis, deixou a pasta no ano passado devido a divergências com Trump e foi sucedido pelo secretário interino Pat Shanahan, que anunciou seu afastamento do cargo na última quarta-feira (19) para voltar à vida privada. Trump nunca sinalizou que nomearia formalmente Shanahan, que ocupa o cargo desde 1º de janeiro.

Esper, de 55 anos, foi confirmado em 2017 para a atual posição de secretário do Exército, um dos poucos altos funcionários do Pentágono a comparecer perante os senadores para aprovação. Sua nomeação para se tornar secretário de Defesa exigirá um novo processo de confirmação. Mas Esper é bem visto por alguns parlamentares, com quem tem relações estabelecidas desde quando atuava no setor privado e, antes disso, tinha uma carreira no Capitólio, nos anos 1990.

Esper pode enfrentar questionamentos sobre sua familiaridade com estratégias militares, dado que, como secretário do Exército, seu papel era treinar, equipar e recrutar, e não administrar as diversas questões globais de segurança nacional e de relações externas que terá de enfrentar como secretário de Defesa.

Esper deve viajar à Europa na próxima semana para uma reunião ministerial do Tratado do Atlântico Norte em Bruxelas. A audiência de confirmação de Esper, antes de um painel do Senado, é esperada para julho. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;