Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Jardim Oratório registra 2 homicídios semelhantes


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

22/04/2016 | 07:00


A Polícia Civil investiga dois homicídios com características semelhantes que aconteceram na noite de quarta-feira, no bairro Jardim Oratório, em Mauá. Dois homens mortos a tiros foram encontrados em pontos diferentes, a cerca de um quilômetro de distância um do outro.

Às 20h16, a PM (Polícia Militar) recebeu chamado de que um corpo estaria caído na Rua Ayrton Senna da Silva. Ao chegar no local, os policiais encontraram Cícero da Silva, 35 anos, morto com três tiros. Havia ainda dois projéteis de arma de fogo. Não foram encontradas testemunhas.

Às 22h27, a PM recebeu chamado idêntico, desta vez na Rua Goiânia, localizada no mesmo bairro, sendo que a via é continuação da Rua Ayrton Senna da Silva. Um homem também estava morto e tinha sido atingido com três tiros. Duas cápsulas estavam no local.

A vítima ainda não havia sido identificada até o fechamento desta edição, mas, segundo informações da SSP (Secretaria da Segurança Pública), trata-se de um homem da cor parda, cabelo crespo curto, 1,75 metro e de aproximadamente 30 anos. Também não foram encontradas testemunhas da ação, apesar de populares contarem à PM que o homem se chamava William.

Conforme os boletins de ocorrência, não havia câmeras de segurança nas vias. A polícia trabalha para identificar a segunda vítima e investigar se os dois crimes estão relacionados.

As ocorrências foram registradas no 1º DP (Centro) de Mauá, porém, a investigação deve ser encaminhada pela Delegacia Seccional de Santo André (também responsável por Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra) ao setor de homicídios, localizado no bairro Utinga. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;