Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Homem com epilepsia é morto pela PM após esfaquear amigo


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

30/01/2016 | 07:00


Intervenção da PM (Polícia Militar) no Jardim Nova Canaã, em São Bernardo, acabou em tragédia. O ajudante de pedreiro João de Lima, 57 anos, que sofria de epilepsia, teve um surto e foi morto a tiros após partir para cima dos policiais com uma faca.

A corporação foi acionada após Lima esfaquear José Anísio Bezerra, 57, que era seu amigo. Segundo moradores, há dois dias Amaral, como João de Lima era conhecido no bairro, tinha um comportamento estranho. Ele parecia amedrontado e não falava com ninguém.

Os dois homens eram próximos e Bezerra foi visitá-lo na Rua Canaã, onde ele morava. Foi quando levou duas facadas. Ao chegar ao local, a PM tentou negociar para que Amaral entregasse a faca. Conforme o delegado titular do 8º DP (Jardim Alvarenga), Baldomiro Neto, ele teria jogado pedaços de paus nos policiais.

“Eles entraram na casa com escudos e iniciaram conversa. Porém, ele estava muito alterado e partiu para cima dos policiais com a faca. Foi quando eles dispararam um tiro, que acertou na perna. Mesmo assim, ele continuou a ir para cima deles, quando houve mais dois disparos”, disse.

Os moradores ficaram revoltados com o desfecho e fizeram protesto, dispersado pela PM com spray de pimenta. Conforme o delegado, foram encontrados remédios tarja preta e diagnóstico médico de que Lima poderia ter comportamento violento. “Ele foi meu inquilino. Era uma pessoa boa, honesta e alegre”, disse Maria do Socorro Santos Souza, 52.

O caso vai ser investigado pela Delegacia de Homicídios. Bezerra foi socorrido pelos moradores e está internado no Hospital Anchieta.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Homem com epilepsia é morto pela PM após esfaquear amigo

Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

30/01/2016 | 07:00


Intervenção da PM (Polícia Militar) no Jardim Nova Canaã, em São Bernardo, acabou em tragédia. O ajudante de pedreiro João de Lima, 57 anos, que sofria de epilepsia, teve um surto e foi morto a tiros após partir para cima dos policiais com uma faca.

A corporação foi acionada após Lima esfaquear José Anísio Bezerra, 57, que era seu amigo. Segundo moradores, há dois dias Amaral, como João de Lima era conhecido no bairro, tinha um comportamento estranho. Ele parecia amedrontado e não falava com ninguém.

Os dois homens eram próximos e Bezerra foi visitá-lo na Rua Canaã, onde ele morava. Foi quando levou duas facadas. Ao chegar ao local, a PM tentou negociar para que Amaral entregasse a faca. Conforme o delegado titular do 8º DP (Jardim Alvarenga), Baldomiro Neto, ele teria jogado pedaços de paus nos policiais.

“Eles entraram na casa com escudos e iniciaram conversa. Porém, ele estava muito alterado e partiu para cima dos policiais com a faca. Foi quando eles dispararam um tiro, que acertou na perna. Mesmo assim, ele continuou a ir para cima deles, quando houve mais dois disparos”, disse.

Os moradores ficaram revoltados com o desfecho e fizeram protesto, dispersado pela PM com spray de pimenta. Conforme o delegado, foram encontrados remédios tarja preta e diagnóstico médico de que Lima poderia ter comportamento violento. “Ele foi meu inquilino. Era uma pessoa boa, honesta e alegre”, disse Maria do Socorro Santos Souza, 52.

O caso vai ser investigado pela Delegacia de Homicídios. Bezerra foi socorrido pelos moradores e está internado no Hospital Anchieta.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;