Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Futuro de Herrera pode ser definido nos próximos dias


Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

19/11/2008 | 07:00


O caso Herrera pode ter um desfecho até o final desta semana. É que Raúl Delgado, empresário e dono de 25% dos diretos do atleta, chega ao Brasil até quinta-feira para negociar com o presidente Andrés Sanchez a permanência do atacante no Corinthians nas próximas três temporadas.

O clube do Parque São Jorge oferece US$ 2,4 milhões (cerca de R$ 5,45 milhões) divididos em 20 parcelas. Só que Delgado, os clubes argentinos Gimnasia (dono de 50%) e San Lorenzo (dono de 25%) não querem um parcelamento tão longo.

Os clubes, porém, disseram estar dispostos a conversar. Numa primeira reunião, o grupo queria o pagamento dividido em 12 meses. "O Raúl está chegando no Brasil quarta (hoje) ou quinta (amanhã). Estou esperando um final feliz. Mas agora o problema não é tanto o valor e, sim, o prazo. Só vou assumir aquilo que puder pagar", disse Andrés Sanchez.

Autor de dois gols na vitória por 3 a 1 sobre o Vila Nova, no último sábado, no Pacaembu, pela Série B, Herrera cobrou um acerto imediato para que possa decidir seu futuro.

O jogador já definiu as bases para seguir no Timão por mais três anos. No entanto, o clube tem preferência na permanência dele até o dia 31 de dezembro. "A prioridade é do Corinthians até o final do ano. Depois disso, vamos analisar o que é melhor para o jogador", afirmou Walter Cirne, representante de Herrera no Brasil.

Casa cheia - O último jogo do Timão na Série B terá novamente o apoio da torcida. Cerca de 30 mil ingressos já foram vendidos para o jogo contra o Avaí, no qual os jogadores usarão a polêmica camisa com a foto dos torcedores. A comemoração não acabará no gramado, com a entrega da taça.

Depois do jogo, a festa será na Praça Charles Miller, em frente ao estádio. A diretoria de marketing do clube ainda não definiu os detalhes da festa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Futuro de Herrera pode ser definido nos próximos dias

Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

19/11/2008 | 07:00


O caso Herrera pode ter um desfecho até o final desta semana. É que Raúl Delgado, empresário e dono de 25% dos diretos do atleta, chega ao Brasil até quinta-feira para negociar com o presidente Andrés Sanchez a permanência do atacante no Corinthians nas próximas três temporadas.

O clube do Parque São Jorge oferece US$ 2,4 milhões (cerca de R$ 5,45 milhões) divididos em 20 parcelas. Só que Delgado, os clubes argentinos Gimnasia (dono de 50%) e San Lorenzo (dono de 25%) não querem um parcelamento tão longo.

Os clubes, porém, disseram estar dispostos a conversar. Numa primeira reunião, o grupo queria o pagamento dividido em 12 meses. "O Raúl está chegando no Brasil quarta (hoje) ou quinta (amanhã). Estou esperando um final feliz. Mas agora o problema não é tanto o valor e, sim, o prazo. Só vou assumir aquilo que puder pagar", disse Andrés Sanchez.

Autor de dois gols na vitória por 3 a 1 sobre o Vila Nova, no último sábado, no Pacaembu, pela Série B, Herrera cobrou um acerto imediato para que possa decidir seu futuro.

O jogador já definiu as bases para seguir no Timão por mais três anos. No entanto, o clube tem preferência na permanência dele até o dia 31 de dezembro. "A prioridade é do Corinthians até o final do ano. Depois disso, vamos analisar o que é melhor para o jogador", afirmou Walter Cirne, representante de Herrera no Brasil.

Casa cheia - O último jogo do Timão na Série B terá novamente o apoio da torcida. Cerca de 30 mil ingressos já foram vendidos para o jogo contra o Avaí, no qual os jogadores usarão a polêmica camisa com a foto dos torcedores. A comemoração não acabará no gramado, com a entrega da taça.

Depois do jogo, a festa será na Praça Charles Miller, em frente ao estádio. A diretoria de marketing do clube ainda não definiu os detalhes da festa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;