Fechar
Publicidade

Domingo, 27 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

A pedido da PF, Itália prende Leonardo Badalamant, filho de ex-chefe da máfia



06/08/2020 | 12:42


Procurado por acusações de tráfico de drogas e fraude bancária cometidos no Brasil, Leonardo Badalamenti foi preso nesta quarta, 5, em ação conjunta da Adidância da Polícia Federal na Itália e das autoridades da Direzione Investigativa Antimafia. Segundo a PF, seu processo de extradição da Itália para o Brasil está em andamento.

A ação também contou com a participação da Representação Regional da Interpol junto ao Núcleo de Cooperação Policial Internacional desta Superintendência da PF em São Paulo, sob a coordenação do Escritório Central Nacional em Brasília.

Leonardo era considerado fugitivo no Brasil desde de 2017 e seu nome estava inserido na Difusão Vermelha da Interpol, em razão de mandado de prisão expedido pela 25ª Vara Criminal de São Paulo.

O pai de Leonardo, Gaetano Badalamenti, era o chefe de 'comissão' da máfia na década de 1970 e famoso na história do crime organizado por ter ordenado o assassinato do jornalista de rádio Peppino Impastato em 1978 na cidade siciliana de Cinisi.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

A pedido da PF, Itália prende Leonardo Badalamant, filho de ex-chefe da máfia


06/08/2020 | 12:42


Procurado por acusações de tráfico de drogas e fraude bancária cometidos no Brasil, Leonardo Badalamenti foi preso nesta quarta, 5, em ação conjunta da Adidância da Polícia Federal na Itália e das autoridades da Direzione Investigativa Antimafia. Segundo a PF, seu processo de extradição da Itália para o Brasil está em andamento.

A ação também contou com a participação da Representação Regional da Interpol junto ao Núcleo de Cooperação Policial Internacional desta Superintendência da PF em São Paulo, sob a coordenação do Escritório Central Nacional em Brasília.

Leonardo era considerado fugitivo no Brasil desde de 2017 e seu nome estava inserido na Difusão Vermelha da Interpol, em razão de mandado de prisão expedido pela 25ª Vara Criminal de São Paulo.

O pai de Leonardo, Gaetano Badalamenti, era o chefe de 'comissão' da máfia na década de 1970 e famoso na história do crime organizado por ter ordenado o assassinato do jornalista de rádio Peppino Impastato em 1978 na cidade siciliana de Cinisi.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;