Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 28 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

No mundo, 9 a cada 10 pessoas ainda estão vulneráveis à covid-19, diz OMS



05/08/2020 | 21:45


O diretor do programa de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan, afirmou nesta quarta-feira, 5, que 10% da população mundial foi infectada pela covid-19 e o restante permanece vulnerável ao vírus.

Ele disse que, de acordo com os estudos sorológicos, o número de pessoas que atualmente tem anticorpos para o coronavírus - ou seja, que já foram infectadas - é relativamente baixo. "Em muitos casos, menor que 10%. Isso quer dizer que, a nível global, 90% ainda está suscetível à doença".

Durante transmissão online para responder dúvidas do público, Ryan explicava como as pandemias terminam. "Esse vírus continuará criando infecções até que ele se esgote ou então que nós o esgotemos".

Ele acrescentou que isso mostra que o vírus "ainda tem um longo caminho para queimar", portanto o conjunto completo de medidas de controle, como testagem e distanciamento social, deve continuar a ser aplicado.

O diretor de emergências acrescentou que casos de uma doença pandêmica continuam a ser registrados por muito tempo depois do surto global, em níveis mais baixos. "É importante notar que o aumento sazonal que temos agora para a gripe são os remanescentes da pandemia de 2009 de influenza".

Na segunda-feira, 3, a líder técnica da resposta à covid-19 da OMS, Maria Van Kerkhove, foi perguntada sobre estudos sorológicos que indicavam que 40% da população nas cidades Deli e Mumbai, na Índia, tinham imunidade ao coronavírus.

Ela disse que a entidade está em contato com os pesquisadores, para saber mais detalhes, e reforçou que a média geral de prevalência de anticorpos é 10%, embora o número possa ser maior entre diferentes grupos, como profissionais da saúde.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

No mundo, 9 a cada 10 pessoas ainda estão vulneráveis à covid-19, diz OMS


05/08/2020 | 21:45


O diretor do programa de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan, afirmou nesta quarta-feira, 5, que 10% da população mundial foi infectada pela covid-19 e o restante permanece vulnerável ao vírus.

Ele disse que, de acordo com os estudos sorológicos, o número de pessoas que atualmente tem anticorpos para o coronavírus - ou seja, que já foram infectadas - é relativamente baixo. "Em muitos casos, menor que 10%. Isso quer dizer que, a nível global, 90% ainda está suscetível à doença".

Durante transmissão online para responder dúvidas do público, Ryan explicava como as pandemias terminam. "Esse vírus continuará criando infecções até que ele se esgote ou então que nós o esgotemos".

Ele acrescentou que isso mostra que o vírus "ainda tem um longo caminho para queimar", portanto o conjunto completo de medidas de controle, como testagem e distanciamento social, deve continuar a ser aplicado.

O diretor de emergências acrescentou que casos de uma doença pandêmica continuam a ser registrados por muito tempo depois do surto global, em níveis mais baixos. "É importante notar que o aumento sazonal que temos agora para a gripe são os remanescentes da pandemia de 2009 de influenza".

Na segunda-feira, 3, a líder técnica da resposta à covid-19 da OMS, Maria Van Kerkhove, foi perguntada sobre estudos sorológicos que indicavam que 40% da população nas cidades Deli e Mumbai, na Índia, tinham imunidade ao coronavírus.

Ela disse que a entidade está em contato com os pesquisadores, para saber mais detalhes, e reforçou que a média geral de prevalência de anticorpos é 10%, embora o número possa ser maior entre diferentes grupos, como profissionais da saúde.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;