Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 24 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Grande ABC confirma 1.200 casos e 17 mortes em 24 horas

PMSCS Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Região soma 37.047 infectados e 1.635 óbitos; País tem 2,3 mi de diagnósticos e 85.238 morreram


Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

25/07/2020 | 00:01


Segundo os boletins epidemiológicos divulgados ontem pelas prefeituras, 1.200 casos e 17 mortes pela Covid-19 foram confirmados no Grande ABC. Assim, a região totaliza 37.047 diagnósticos positivos e 1.635 óbitos. Nesta semana, a média diária é de 859 confirmações e 23 vítimas fatais, a maior desde o início da pandemia.

São Bernardo concentra 16,4 mil pessoas infectadas, 44,3% do total, e 577 mortes (35,3%). Em seguida, Santo André computa 10.442 infectados (28,2%) e 361 óbitos (22,1%), Diadema tem 5.148 contaminados (13,9%) e 325 vítimas fatais (19,9%), São Caetano registra 2.461 casos (6,6%) e 121 mortes (7,4%) e Mauá atinge 1.663 positivos (4,5%) e 186 óbitos (11,4%). Já Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra possuem, respectivamente, 652 diagnósticos (1,7%), dos quais 50 morreram (3%), e 281 casos (0,7%), sendo 15 óbitos (0,9%).

Até ontem, 40.554 moradores aguardavam resultado de testes para confirmação da doença. Boa notícia é que, pelo menos 18.891, equivalente a 51% dos contaminados, já se recuperaram.

Em todo Estado, 312 mortes pelo novo coronavírus foram confirmadas ontem, somando 21.206 vítimas fatais. Outros 11.221 resultados positivos foram incluídos, chegando a 463.218 casos confirmados em 637 dos 645 municípios paulistas. Do total, 311.502 se recuperaram.

Desde quarta-feira, o governo estadual tem divulgado números diários acima da média, que não ultrapassava 9.000. A justificativa é que houve represamento de dados que ocorreu após problema em sistema do Ministério da Saúde.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) são de 63,6% na Grande São Paulo e 66,1% no Estado, que continua sendo o ente da federação com o maior número de casos e mortes pela Covid. O Ceará vem a seguir, com 158.824 infectados e 7.426 óbitos, e o Rio de Janeiro, com 154.879 diagnósticos e 12.654 vítimas fatais.

O País totaliza 2.343.366 infectados desde o início da pandemia, sendo 55.891 registrados em 24 horas. Após confirmar 1.156 vítimas, o total de brasileiros que morreram em razão da doença é de 85.238. De acordo com balanço do Ministério da Saúde, 655.847 pacientes já se curaram. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grande ABC confirma 1.200 casos e 17 mortes em 24 horas

Região soma 37.047 infectados e 1.635 óbitos; País tem 2,3 mi de diagnósticos e 85.238 morreram

Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

25/07/2020 | 00:01


Segundo os boletins epidemiológicos divulgados ontem pelas prefeituras, 1.200 casos e 17 mortes pela Covid-19 foram confirmados no Grande ABC. Assim, a região totaliza 37.047 diagnósticos positivos e 1.635 óbitos. Nesta semana, a média diária é de 859 confirmações e 23 vítimas fatais, a maior desde o início da pandemia.

São Bernardo concentra 16,4 mil pessoas infectadas, 44,3% do total, e 577 mortes (35,3%). Em seguida, Santo André computa 10.442 infectados (28,2%) e 361 óbitos (22,1%), Diadema tem 5.148 contaminados (13,9%) e 325 vítimas fatais (19,9%), São Caetano registra 2.461 casos (6,6%) e 121 mortes (7,4%) e Mauá atinge 1.663 positivos (4,5%) e 186 óbitos (11,4%). Já Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra possuem, respectivamente, 652 diagnósticos (1,7%), dos quais 50 morreram (3%), e 281 casos (0,7%), sendo 15 óbitos (0,9%).

Até ontem, 40.554 moradores aguardavam resultado de testes para confirmação da doença. Boa notícia é que, pelo menos 18.891, equivalente a 51% dos contaminados, já se recuperaram.

Em todo Estado, 312 mortes pelo novo coronavírus foram confirmadas ontem, somando 21.206 vítimas fatais. Outros 11.221 resultados positivos foram incluídos, chegando a 463.218 casos confirmados em 637 dos 645 municípios paulistas. Do total, 311.502 se recuperaram.

Desde quarta-feira, o governo estadual tem divulgado números diários acima da média, que não ultrapassava 9.000. A justificativa é que houve represamento de dados que ocorreu após problema em sistema do Ministério da Saúde.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) são de 63,6% na Grande São Paulo e 66,1% no Estado, que continua sendo o ente da federação com o maior número de casos e mortes pela Covid. O Ceará vem a seguir, com 158.824 infectados e 7.426 óbitos, e o Rio de Janeiro, com 154.879 diagnósticos e 12.654 vítimas fatais.

O País totaliza 2.343.366 infectados desde o início da pandemia, sendo 55.891 registrados em 24 horas. Após confirmar 1.156 vítimas, o total de brasileiros que morreram em razão da doença é de 85.238. De acordo com balanço do Ministério da Saúde, 655.847 pacientes já se curaram. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;