Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Volume de serviços prestados cai 0,9% em maio ante abril, revela IBGE



10/07/2020 | 09:39


O volume de serviços prestados caiu 0,9% em maio ante abril, na série com ajuste sazonal, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Serviços, informou nesta sexta-feira, 10, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado de maio ficou abaixo do piso do intervalo de estimativas captadas na pesquisa do Projeções Broadcast, do sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, de alta de 2,9% a avanço de 10%, com mediana de 5,75%.

O IBGE revisou o dado de abril ante março, passando de uma queda de 11,7%, como informado inicialmente, para um recuo de 11,9%.

Na comparação com maio do ano anterior, houve retração de 19,5% em maio de 2020, já descontado o efeito da inflação. A retração foi mais intensa do que as estimativas da pesquisa do Projeções Broadcast, que apontavam para uma queda entre 16,4% e 10,5%, com mediana de -13,5%.

A taxa acumulada no ano foi de redução de 7,6%. Em 12 meses, os serviços acumulam queda de 2,7%.

A receita bruta nominal do setor de serviços caiu 0,7% em maio ante abril. Na comparação com maio de 2019, houve recuo de 18,8% na receita nominal.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Volume de serviços prestados cai 0,9% em maio ante abril, revela IBGE


10/07/2020 | 09:39


O volume de serviços prestados caiu 0,9% em maio ante abril, na série com ajuste sazonal, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Serviços, informou nesta sexta-feira, 10, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado de maio ficou abaixo do piso do intervalo de estimativas captadas na pesquisa do Projeções Broadcast, do sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, de alta de 2,9% a avanço de 10%, com mediana de 5,75%.

O IBGE revisou o dado de abril ante março, passando de uma queda de 11,7%, como informado inicialmente, para um recuo de 11,9%.

Na comparação com maio do ano anterior, houve retração de 19,5% em maio de 2020, já descontado o efeito da inflação. A retração foi mais intensa do que as estimativas da pesquisa do Projeções Broadcast, que apontavam para uma queda entre 16,4% e 10,5%, com mediana de -13,5%.

A taxa acumulada no ano foi de redução de 7,6%. Em 12 meses, os serviços acumulam queda de 2,7%.

A receita bruta nominal do setor de serviços caiu 0,7% em maio ante abril. Na comparação com maio de 2019, houve recuo de 18,8% na receita nominal.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;