Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Havia livros de papel na infância dos nossos pais

No aniversário de São Caetano, a Fundação Pró-Memória...


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

04/08/2012 | 00:00


No aniversário de São Caetano, a Fundação Pró-Memória lançou a revista Raízes nº 45. Como sempre, excelente e com um tema que atinge todas as faixas etárias: o cotidiano de uma criança numa época específica: entre o fim do século 19 e meados do século 20. O tempo em que, dependendo da idade de cada um, nossos bisavós, avós e pais foram crianças.

"Fizemos um recorte do universo infantil da época e convidamos o leitor a refletir sobre o contexto histórico, social e cultural em que a criança esteve inserida", destaca Maria Teresinha Dario Fiorotti, presidente da Pró-Memória, no editorial de Raízes.

"As cores e símbolos desta capa de Raízes traduzem o espírito que invadiu esta edição e nos remetem, diretamente, à alegria, à criatividade, à imaginação e, por que não, à simplicidade das antigas brincadeiras infantis", assinala a jornalista Paula Fiorotti, editora de Raízes.

Coisa boa. Vejam este cavalinho de madeira da capa de Raízes. E a coleção de livros à esquerda. E a vitrolinha. Imaginem, naquele tempo, não havia computadores, e nem por isso deixaram de sobreviver ricas gerações, dentro e fora de São Caetano. 

Como diz Teresinha, é tempo mesmo de reflexão. E de recuperar as brincadeiras de rodas, sem nostalgia, apenas para mostrar que os menores se sacudiam o dia inteiro, na rua, muitas vezes, sem depender de academias e professores de Educação Física para animá-los.

DIÁRIO HÁ 30 ANOS
Quarta-feira, 4 de agosto de 1982 - Nº 4971
Manchete - Ministro Delfim Neto promete rever política salarial
Rio Grande da Serra - Prefeitura reivindica pavimentação da estrada que liga o município a Ribeirão Pires.
Editorial - Essas mulheres de Mauá, benditas sejam. O Editorial destacava a luta das mulheres do Jardim Zaíra por mais creches.
Adeus - Falecia Rina A. Magini Franco, aos 74 anos, viúva de Nelson Cardoso Franco, ambos de Santo André. Dona Rina colaborou ativamente na campanha constitucionalista de 1932, em Santo André, ocasião em que seu marido foi preso pelas forças legalistas. Jardim Rina leva o seu nome.

EM 4 DE AGOSTO DE...
1927 - Adriana Andreone nasce na Travessa Diana, em Santo André. Foi coordenadora do Gipem (Grupo Independente de Pesquisadores da Memória).
- Nascimento de Hortência Rodrigues, dramaturga de São Caetano.
1972 - Prefeito Newton Brandão apresenta a maquete do monumento ao imigrante italiano a ser erigido na Avenida Perimetral, obra do escultor Caetano Fraccarolli.

NAS ONDAS DO RÁDIO
Trianon AM (740) - Universal AM de Santos (810) - Quinta Avenida. Hoje: black band do vibrafonista Lionel Hampton, um dos mais destacados músicos norte-americanos; cantora Rosemary Clooney, trompetista e cantor Chet Baker: amanhã: homenagem ao cantor Tony Bennett, pela passagem de seus 86 anos de idade Produção e apresentação: Ronaldo Benvenga; coordenação: Lucas Neto. Hoje, às 19h; amanhã, às 9h. Na internet: www.quintaavenida.mus.br.
Bandeirantes AM (840) e FM (90,9) - Memória. Vida e obra de Geraldo Filme, um sambista paulistano. Produção e apresentação: Milton Parron. Divulgação: Jéssica Alves de Abreu Venesio. Hoje, às 23h, com reprise amanhã, às 5h.

Trabalhadores
331 - Alfredo Messias Pereira, 48. Natural de Pouso Alegre (MG). Residia à Rua Jamaica, 70. Operário em fábrica de adubos.
332 - Luiz Quiroli, 30. Natural de Santo André. Operário da Rhodia.
Fonte - 2º livro geral de registro de associados do Sindicato dos Químicos do ABC. Ano: 1957. Presidente: Trajano José das Neves.

HOJE
Dia do Padre.

SANTOS DO DIA
Crispim, Iá, João Maria Vianney (Cura d'Ars) e Lugaido.
Fonte - Folhinha do Sagrado Coração de Jesus, Vozes, 2012.
Na foto, representação do Divino Espírito Santo, em prata. Século 18. Procedente da antiga Matriz de Itapecerica da Serra (SP). Divino em forma de pomba assentada numa base circular com pés.
Fontes - Museu de Arte Sacra de São Paulo; Andréa Maria Zabrieszach Afonso dos Santos, museóloga; foto: Iran Monteiro. Contatos: 3326-1373; 5393-3336; mas@museuartesacra.sp.gov.br.

FALECIMENTOS

PADRE JORGE NOGUEIRA
(Borda da Mata, MG, 10-5-1926 - Santo André 2-8-2012)

Sempre brincalhão, padre Jorginho tinha uma piada pronta a cada momento, mas na hora de falar do evangelho de Jesus, transmitia com seriedade e muita facilidade. Tinha a alegria de Jesus Cristo no coração.

Era devoto de Nhá Chica. Gostava de contar a história desta brasileira, uma escrava da mineira Baependi, e que está em processo de beatificação.

Juntamente com Dom Jorge Marcos de Oliveira, padre Jorge foi um defensor para que as missas, após o Concílio Vaticano 2, fossem rezadas, aqui no Brasil, na Língua Portuguesa. Dizia que o latim dificultava o entendimento dos ensinamentos de Jesus Cristo.

Aos 13 anos se tornou seminarista. Foi ordenado padre em Pouso Alegre, em 8-12-1952. Iniciou vida religiosa em Santa Rita do Sapucaí (MG). 

Chegou a São Caetano em 1959. 

Atuou na Paróquia São Francisco de Assis, no bairro Santa Maria. Em 1986 assumiu a Paróquia Sagrado Coração de Jesus, no bairro Jardim, em Santo André, onde permanecia.

Gostava de dizer que uma grande lição recebeu do vigário Pedro Cintra, que lhe disse para fazer sermões curtos: "Nada de ficar 40 minutos falando, que o povo dorme".

Padre Jorge Nogueira partiu aos 86 anos. Estava internado no Hospital Mário Covas. O velório foi ontem, na Matriz do bairro Jardim, com missa de corpo presente. Após, seu corpo foi transladado para Socorro (SP). A missa de 7º dia será quarta-feira (8), às 20h, na igreja Sagrado Coração de Jesus.

Texto: jornalista Humberto Pastore, assessor de comunicação da Diocese de Santo André.

SANTO ANDRÉ
João Pestili, 77. Natural de Duartina (SP). Dia 2, em São Bernardo. Cemitério Cristo Redentor, em Vila Pires.
Iolanda Vieira Ribeiro, 76. Natural de Ibiúna (SP). Dia 2, em São Bernardo. Cemitério do Curuçá.

SÃO BERNARDO
Iracema Franco de Godoy Merlo, 77. Natural de Extrema (MG). Dia 2. Cemitério de Vila Euclides.
Ana Rita Machado de Marchi, 66. Natural de São Caetano. Dia 2. Jardim da Colina.
Catarina da Silva Alonso, 66. Natural de São Bernardo. Dia 2. Cemitério de Vila Euclides.
Fernandes José da Silva, 65. Natural de Rosalia (SP). Dia 2. Jardim da Colina.
João Pereira, 55. Natural de Cafelândia (SP). Dia 2. Cemitério dos Casa.
Geralda Aparecida Silvério Azeredo, 54. Natural de Ouro Preto (MG). Dia 2. Cemitério dos Casa.
Maria de Lourdes da Silva Marcelino, 54. Natural de Sousa (PB). Dia 2. Cemitério dos Casa.
Cesar Sebastião de Melo, 34. Natural de Bragança Paulista (SP). Dia 2. Cemitério dos Casa. 

SÃO CAETANO
Vagner Miquilim, 62. Natural de São Paulo (SP). Dia 2, em São Bernardo. Cemitério da Saudade, no bairro Cerâmica.

Serviços Funerários: Santo André - 4433-3544; São Bernardo - 4330-4527; Diadema - 4056-1045; Mauá - 4514-7399; Ribeirão Pires - 4828-1436; Rio Grande da Serra - 4820-4353.
Para anunciar um falecimento, ligue para 4435-8000. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Havia livros de papel na infância dos nossos pais

No aniversário de São Caetano, a Fundação Pró-Memória...

Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

04/08/2012 | 00:00


No aniversário de São Caetano, a Fundação Pró-Memória lançou a revista Raízes nº 45. Como sempre, excelente e com um tema que atinge todas as faixas etárias: o cotidiano de uma criança numa época específica: entre o fim do século 19 e meados do século 20. O tempo em que, dependendo da idade de cada um, nossos bisavós, avós e pais foram crianças.

"Fizemos um recorte do universo infantil da época e convidamos o leitor a refletir sobre o contexto histórico, social e cultural em que a criança esteve inserida", destaca Maria Teresinha Dario Fiorotti, presidente da Pró-Memória, no editorial de Raízes.

"As cores e símbolos desta capa de Raízes traduzem o espírito que invadiu esta edição e nos remetem, diretamente, à alegria, à criatividade, à imaginação e, por que não, à simplicidade das antigas brincadeiras infantis", assinala a jornalista Paula Fiorotti, editora de Raízes.

Coisa boa. Vejam este cavalinho de madeira da capa de Raízes. E a coleção de livros à esquerda. E a vitrolinha. Imaginem, naquele tempo, não havia computadores, e nem por isso deixaram de sobreviver ricas gerações, dentro e fora de São Caetano. 

Como diz Teresinha, é tempo mesmo de reflexão. E de recuperar as brincadeiras de rodas, sem nostalgia, apenas para mostrar que os menores se sacudiam o dia inteiro, na rua, muitas vezes, sem depender de academias e professores de Educação Física para animá-los.

DIÁRIO HÁ 30 ANOS
Quarta-feira, 4 de agosto de 1982 - Nº 4971
Manchete - Ministro Delfim Neto promete rever política salarial
Rio Grande da Serra - Prefeitura reivindica pavimentação da estrada que liga o município a Ribeirão Pires.
Editorial - Essas mulheres de Mauá, benditas sejam. O Editorial destacava a luta das mulheres do Jardim Zaíra por mais creches.
Adeus - Falecia Rina A. Magini Franco, aos 74 anos, viúva de Nelson Cardoso Franco, ambos de Santo André. Dona Rina colaborou ativamente na campanha constitucionalista de 1932, em Santo André, ocasião em que seu marido foi preso pelas forças legalistas. Jardim Rina leva o seu nome.

EM 4 DE AGOSTO DE...
1927 - Adriana Andreone nasce na Travessa Diana, em Santo André. Foi coordenadora do Gipem (Grupo Independente de Pesquisadores da Memória).
- Nascimento de Hortência Rodrigues, dramaturga de São Caetano.
1972 - Prefeito Newton Brandão apresenta a maquete do monumento ao imigrante italiano a ser erigido na Avenida Perimetral, obra do escultor Caetano Fraccarolli.

NAS ONDAS DO RÁDIO
Trianon AM (740) - Universal AM de Santos (810) - Quinta Avenida. Hoje: black band do vibrafonista Lionel Hampton, um dos mais destacados músicos norte-americanos; cantora Rosemary Clooney, trompetista e cantor Chet Baker: amanhã: homenagem ao cantor Tony Bennett, pela passagem de seus 86 anos de idade Produção e apresentação: Ronaldo Benvenga; coordenação: Lucas Neto. Hoje, às 19h; amanhã, às 9h. Na internet: www.quintaavenida.mus.br.
Bandeirantes AM (840) e FM (90,9) - Memória. Vida e obra de Geraldo Filme, um sambista paulistano. Produção e apresentação: Milton Parron. Divulgação: Jéssica Alves de Abreu Venesio. Hoje, às 23h, com reprise amanhã, às 5h.

Trabalhadores
331 - Alfredo Messias Pereira, 48. Natural de Pouso Alegre (MG). Residia à Rua Jamaica, 70. Operário em fábrica de adubos.
332 - Luiz Quiroli, 30. Natural de Santo André. Operário da Rhodia.
Fonte - 2º livro geral de registro de associados do Sindicato dos Químicos do ABC. Ano: 1957. Presidente: Trajano José das Neves.

HOJE
Dia do Padre.

SANTOS DO DIA
Crispim, Iá, João Maria Vianney (Cura d'Ars) e Lugaido.
Fonte - Folhinha do Sagrado Coração de Jesus, Vozes, 2012.
Na foto, representação do Divino Espírito Santo, em prata. Século 18. Procedente da antiga Matriz de Itapecerica da Serra (SP). Divino em forma de pomba assentada numa base circular com pés.
Fontes - Museu de Arte Sacra de São Paulo; Andréa Maria Zabrieszach Afonso dos Santos, museóloga; foto: Iran Monteiro. Contatos: 3326-1373; 5393-3336; mas@museuartesacra.sp.gov.br.

FALECIMENTOS

PADRE JORGE NOGUEIRA
(Borda da Mata, MG, 10-5-1926 - Santo André 2-8-2012)

Sempre brincalhão, padre Jorginho tinha uma piada pronta a cada momento, mas na hora de falar do evangelho de Jesus, transmitia com seriedade e muita facilidade. Tinha a alegria de Jesus Cristo no coração.

Era devoto de Nhá Chica. Gostava de contar a história desta brasileira, uma escrava da mineira Baependi, e que está em processo de beatificação.

Juntamente com Dom Jorge Marcos de Oliveira, padre Jorge foi um defensor para que as missas, após o Concílio Vaticano 2, fossem rezadas, aqui no Brasil, na Língua Portuguesa. Dizia que o latim dificultava o entendimento dos ensinamentos de Jesus Cristo.

Aos 13 anos se tornou seminarista. Foi ordenado padre em Pouso Alegre, em 8-12-1952. Iniciou vida religiosa em Santa Rita do Sapucaí (MG). 

Chegou a São Caetano em 1959. 

Atuou na Paróquia São Francisco de Assis, no bairro Santa Maria. Em 1986 assumiu a Paróquia Sagrado Coração de Jesus, no bairro Jardim, em Santo André, onde permanecia.

Gostava de dizer que uma grande lição recebeu do vigário Pedro Cintra, que lhe disse para fazer sermões curtos: "Nada de ficar 40 minutos falando, que o povo dorme".

Padre Jorge Nogueira partiu aos 86 anos. Estava internado no Hospital Mário Covas. O velório foi ontem, na Matriz do bairro Jardim, com missa de corpo presente. Após, seu corpo foi transladado para Socorro (SP). A missa de 7º dia será quarta-feira (8), às 20h, na igreja Sagrado Coração de Jesus.

Texto: jornalista Humberto Pastore, assessor de comunicação da Diocese de Santo André.

SANTO ANDRÉ
João Pestili, 77. Natural de Duartina (SP). Dia 2, em São Bernardo. Cemitério Cristo Redentor, em Vila Pires.
Iolanda Vieira Ribeiro, 76. Natural de Ibiúna (SP). Dia 2, em São Bernardo. Cemitério do Curuçá.

SÃO BERNARDO
Iracema Franco de Godoy Merlo, 77. Natural de Extrema (MG). Dia 2. Cemitério de Vila Euclides.
Ana Rita Machado de Marchi, 66. Natural de São Caetano. Dia 2. Jardim da Colina.
Catarina da Silva Alonso, 66. Natural de São Bernardo. Dia 2. Cemitério de Vila Euclides.
Fernandes José da Silva, 65. Natural de Rosalia (SP). Dia 2. Jardim da Colina.
João Pereira, 55. Natural de Cafelândia (SP). Dia 2. Cemitério dos Casa.
Geralda Aparecida Silvério Azeredo, 54. Natural de Ouro Preto (MG). Dia 2. Cemitério dos Casa.
Maria de Lourdes da Silva Marcelino, 54. Natural de Sousa (PB). Dia 2. Cemitério dos Casa.
Cesar Sebastião de Melo, 34. Natural de Bragança Paulista (SP). Dia 2. Cemitério dos Casa. 

SÃO CAETANO
Vagner Miquilim, 62. Natural de São Paulo (SP). Dia 2, em São Bernardo. Cemitério da Saudade, no bairro Cerâmica.

Serviços Funerários: Santo André - 4433-3544; São Bernardo - 4330-4527; Diadema - 4056-1045; Mauá - 4514-7399; Ribeirão Pires - 4828-1436; Rio Grande da Serra - 4820-4353.
Para anunciar um falecimento, ligue para 4435-8000. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;