Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Roubo de cabos da CPTM prejudica circulação de trens


Do Diário OnLine

04/08/2002 | 16:20


Cerca de 500 metros de cabos da rede elétrica da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) foram roubados na madrugada deste domingo, o que acabou prejudicando a circulação dos trens na linha C (Jurubatuba-Osasco).

Segundo a empresa, a ação provocou “estragos de grande proporção material”. Devido a uma sobrecarga no sistema, que provocou um curto-circuito, a sala de sinalização na estação de Jurubatuba foi destruída por um incêndio.

A CPTM informou que o curto-cicuito aconteceu em cadeia, destruindo as estações Grajaú e Interlagos, que estão desativadas. A subestação Cidade Dutra, na região de Interlagos, também ficou sem energia.

Os cabos, que são alvo dos assaltantes por causa do cobre que faz parte de sua composição, foram roubadas na plataforma da estação de Interlagos. No local do roubo, uma mochila contendo uma serra e um gorro foram encontrados. Ninguém foi detido.

Com as falhas na sinalização, a CPTM montou um esquema especial para atender os passageiros a partir desta segunda. Um único trem deve fazer o percurso entre as estações de Jurubatuba e Socorro, por uma única linha. Em Socorro, os passageiros com destino a Osasco mudam de trem, assim como aqueles que viajam no sentido inverso, até Jurubatuba.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Roubo de cabos da CPTM prejudica circulação de trens

Do Diário OnLine

04/08/2002 | 16:20


Cerca de 500 metros de cabos da rede elétrica da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) foram roubados na madrugada deste domingo, o que acabou prejudicando a circulação dos trens na linha C (Jurubatuba-Osasco).

Segundo a empresa, a ação provocou “estragos de grande proporção material”. Devido a uma sobrecarga no sistema, que provocou um curto-circuito, a sala de sinalização na estação de Jurubatuba foi destruída por um incêndio.

A CPTM informou que o curto-cicuito aconteceu em cadeia, destruindo as estações Grajaú e Interlagos, que estão desativadas. A subestação Cidade Dutra, na região de Interlagos, também ficou sem energia.

Os cabos, que são alvo dos assaltantes por causa do cobre que faz parte de sua composição, foram roubadas na plataforma da estação de Interlagos. No local do roubo, uma mochila contendo uma serra e um gorro foram encontrados. Ninguém foi detido.

Com as falhas na sinalização, a CPTM montou um esquema especial para atender os passageiros a partir desta segunda. Um único trem deve fazer o percurso entre as estações de Jurubatuba e Socorro, por uma única linha. Em Socorro, os passageiros com destino a Osasco mudam de trem, assim como aqueles que viajam no sentido inverso, até Jurubatuba.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;