Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Filho mata pai estrangulado em São Caetano

Discussão em razão de um telefonema teria motivado o crime; os dois estavam morando juntos há dez dias, segundo testemunhas, e brigas eram constantes


Da Redação

24/09/2020 | 09:41


 O moto-boy Guilherme Lopes de Souza Lacerda, 18, foi preso ontem à noite em flagrante, em São Caetano, após matar o pai, Damião Airton de Souza, 50, estrangulado. O crime foi na rua Humberto de Campos, 252, no Jardim São Caetano.

Segundo boletim de ocorrência, assim que os policiais chegaram ao local encontraram Guilherme, que estava junto de seu avô. Segundo o rapaz, a briga teve início em razão de um telefonema e o pai teria ficado agressivo. Por isso, teve de contê-lo com um ''mata-leão'' e Damião desfaleceu. Guilherme disse que ligou para o resgate, fez manobras para tentar reanimá-lo, mas não teve êxito. 

Uma das testemunhas contou que os dois estavam morando juntos há cerca de dez dias e as brigas eram constantes. Informou ainda que ambos ingeriam altas doses de bebida alcoolica e que Guilherme era usuário de drogas. 

Em depoimento, o rapaz disse que estava há apenas três dias morando com o pai, com quem, segundo ele, pouco brigava. Disse apenas que ontem tomaram quinze latinhas de cerveja juntos e, ao ligar para uma amiga, Damião teria começado a ofender a jovem com palavrões, o que ocasionou a discussão que resultou em morte. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Filho mata pai estrangulado em São Caetano

Discussão em razão de um telefonema teria motivado o crime; os dois estavam morando juntos há dez dias, segundo testemunhas, e brigas eram constantes

Da Redação

24/09/2020 | 09:41


 O moto-boy Guilherme Lopes de Souza Lacerda, 18, foi preso ontem à noite em flagrante, em São Caetano, após matar o pai, Damião Airton de Souza, 50, estrangulado. O crime foi na rua Humberto de Campos, 252, no Jardim São Caetano.

Segundo boletim de ocorrência, assim que os policiais chegaram ao local encontraram Guilherme, que estava junto de seu avô. Segundo o rapaz, a briga teve início em razão de um telefonema e o pai teria ficado agressivo. Por isso, teve de contê-lo com um ''mata-leão'' e Damião desfaleceu. Guilherme disse que ligou para o resgate, fez manobras para tentar reanimá-lo, mas não teve êxito. 

Uma das testemunhas contou que os dois estavam morando juntos há cerca de dez dias e as brigas eram constantes. Informou ainda que ambos ingeriam altas doses de bebida alcoolica e que Guilherme era usuário de drogas. 

Em depoimento, o rapaz disse que estava há apenas três dias morando com o pai, com quem, segundo ele, pouco brigava. Disse apenas que ontem tomaram quinze latinhas de cerveja juntos e, ao ligar para uma amiga, Damião teria começado a ofender a jovem com palavrões, o que ocasionou a discussão que resultou em morte. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;