Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Após seis dias internado, ministro da Justiça, André Mendonça, deixa hospital



19/09/2020 | 19:06


Após seis dias internado, o ministro da Justiça e da Segurança Pública, André Mendonça, teve alta neste sábado, 19, do Hospital Brasília, localizado no Lago Norte, na capital federal. Por recomendação médica, ele seguirá trabalhando de casa nas próximas três semanas, informou a assessoria de comunicação da pasta.

No domingo passado, dia 19, Mendonça passou por um cateterismo e foi diagnosticado com miocardite aguda. O quadro apontava para uma inflamação do músculo do coração desencadeada, na maioria das vezes, por um processo viral. O ministro ficou internado em uma unidade de terapia intensiva até a quarta-feira, 16, quando foi transferido para o quarto.

Mendonça foi internado após passar mal durante a madrugada, com dor torácica. Os exames descartaram infarto, informou a assessoria do ministério. Ainda no domingo, o ministro recebeu a visita do presidente Jair Bolsonaro por 20 minutos. O ministro da Educação, Milton Ribeiro, também esteve no hospital na ocasião.

"O ministro agradece a Deus pela saúde, assim como as orações e toda a assistência recebida da equipe do Hospital Brasília", informou a nota do Ministério da Justiça.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Após seis dias internado, ministro da Justiça, André Mendonça, deixa hospital


19/09/2020 | 19:06


Após seis dias internado, o ministro da Justiça e da Segurança Pública, André Mendonça, teve alta neste sábado, 19, do Hospital Brasília, localizado no Lago Norte, na capital federal. Por recomendação médica, ele seguirá trabalhando de casa nas próximas três semanas, informou a assessoria de comunicação da pasta.

No domingo passado, dia 19, Mendonça passou por um cateterismo e foi diagnosticado com miocardite aguda. O quadro apontava para uma inflamação do músculo do coração desencadeada, na maioria das vezes, por um processo viral. O ministro ficou internado em uma unidade de terapia intensiva até a quarta-feira, 16, quando foi transferido para o quarto.

Mendonça foi internado após passar mal durante a madrugada, com dor torácica. Os exames descartaram infarto, informou a assessoria do ministério. Ainda no domingo, o ministro recebeu a visita do presidente Jair Bolsonaro por 20 minutos. O ministro da Educação, Milton Ribeiro, também esteve no hospital na ocasião.

"O ministro agradece a Deus pela saúde, assim como as orações e toda a assistência recebida da equipe do Hospital Brasília", informou a nota do Ministério da Justiça.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;