Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Com obras de coleções, mostra reúne criações de Rafael e seus discípulos



16/09/2018 | 06:00


O período conhecido como o "primeiro Quinhentos", que engloba os anos iniciais do século 16, inspira a exposição Rafael e a Definição da Beleza - Da Divina Proporção à Graça. Com dezenas de obras de coleções italianas, como as da Galleria Nazionale dellUmbria e da Galleria Borghese, e até mesmo brasileiras, como a da Fundação Eva Klabin, a mostra não só exibe criações de Rafael de Urbino, mas também destaca a produção de seus discípulos e contemporâneos.

Rafael, que se consagrou por unir a busca pelas formas naturais com referências da Antiguidade Clássica, difundiu suas concepções entre os jovens frequentadores de seu ateliê. Assim, além de três obras originais dele, como a pintura de óleo sobre tela "La Perla di Modena", são exibidas, entre os oito núcleos da exposição, trabalhos de discípulos como Giulio Romano e Perin del Vaga.

Há ainda 50 gravuras criadas no estúdio do artista, guardadas na Fundação Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. Sob curadoria de Elisa Byington, a mostra também conta com recursos visuais, com destaque para uma projeção, em escala original, de "Escola de Atenas", exposta no Vaticano.

ONDE: Centro Cultural Fiesp. Av. Paulista, 1.313, metrô Trianon-Masp, 3146-7439.

QUANDO: Inauguração: 4ª (19/9). 10h/22h (dom., 10h/20h; fecha 2ª). Até 16/12.

QUANTO: Grátis.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com obras de coleções, mostra reúne criações de Rafael e seus discípulos


16/09/2018 | 06:00


O período conhecido como o "primeiro Quinhentos", que engloba os anos iniciais do século 16, inspira a exposição Rafael e a Definição da Beleza - Da Divina Proporção à Graça. Com dezenas de obras de coleções italianas, como as da Galleria Nazionale dellUmbria e da Galleria Borghese, e até mesmo brasileiras, como a da Fundação Eva Klabin, a mostra não só exibe criações de Rafael de Urbino, mas também destaca a produção de seus discípulos e contemporâneos.

Rafael, que se consagrou por unir a busca pelas formas naturais com referências da Antiguidade Clássica, difundiu suas concepções entre os jovens frequentadores de seu ateliê. Assim, além de três obras originais dele, como a pintura de óleo sobre tela "La Perla di Modena", são exibidas, entre os oito núcleos da exposição, trabalhos de discípulos como Giulio Romano e Perin del Vaga.

Há ainda 50 gravuras criadas no estúdio do artista, guardadas na Fundação Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. Sob curadoria de Elisa Byington, a mostra também conta com recursos visuais, com destaque para uma projeção, em escala original, de "Escola de Atenas", exposta no Vaticano.

ONDE: Centro Cultural Fiesp. Av. Paulista, 1.313, metrô Trianon-Masp, 3146-7439.

QUANDO: Inauguração: 4ª (19/9). 10h/22h (dom., 10h/20h; fecha 2ª). Até 16/12.

QUANTO: Grátis.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;