Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Nova edição da revista 'A Cigarra' é lançada


Nelson Albuquerque
Do Diário do Grande ABC

17/12/2004 | 10:54


A poesia presente nas imagens e a imagem construída pelas palavras são o conteúdo da nova edição da revista andreense A Cigarra. A publicação independente traz poemas de 25 autores, entre consagrados e novatos, além de reproduções de grafites e fotografias de João Colovatti (1945-2001). O lançamento ocorre em duas datas: nesta sexta, às 19h, no Sesc Santo André (r. Tamarutaca, 302); e sábado, às 11h, no Café Cultura do Shopping Santo André (r. Álvares Azevedo, 99).

Os editores Jurema Barreto de Souza e Zhô Bertholini decidiram lançar olhar para um tipo de arte que está literalmente nas ruas. O grafite, uma arte de nossos tempos ou, segundo os editores, "esta expressão urbana, que tanto seduz jovens, onde cada qual busca sua identidade".

O grafite está na capa, nos poemas de Zhô e Jurema e no artigo da artista plástica Paula Caetano. É também o motivo que decora quase todas as 42 páginas da revista. Cabe aqui o destaque para o novo - belo e agradável - projeto visual da publicação assinado por Perkins T. Moreira.

Nos lançamentos serão usadas as mesas decoradas por grafites de Tota, Gejo, Deninja, Chorão e Celso Gitahy, trabalho feito durante o evento A Arte do Graffiti, organizado este ano pela Prefeitura andreense. A Cigarra estará à venda por R$ 7.

A atual edição - de número 39 e ano 22 - oferece a poesia do fotógrafo João Colovatti. Quatro cenas da região, captadas quando o autor atuava como fotojornalista pelo Diário de 1971 a 1993, estão nas páginas da revista. São imagens que estiveram na exposição Revelações de um Anti-herói, em Santo André, entre o mês passado e este. Há também uma homenagem à escritora paulista Hilda Hilst (1930-2004).

Depois da leitura visual, os poemas. De Augusto de Campos, Diego Vinhas, Lucio Agra, Hélio Neri, Margarete Schiavinatto, Cidia Peixoto, Maurício Carneiro, Frederico Barbosa, Lau Siqueira, Denise Assumpção. Nomes conhecidos e inéditos ganham o mesmo tratamento, o mesmo espaço para seus versos.

"Sim, insistimos na diversidade onde cada qual expõe sua procura. Ou encontro. Por dentro tudo é gente", diz um trecho do editorial. Jurema estreou A Cigarra há 22 anos, aliou-se a Zhô e a João Antônio da Silva Sampaio na condução do veículo. Agora, estão ela e Zhô na manutenção desse heróico circulador de idéias. "Sim, a poesia faz diferença, e muito, basta olhar ao redor para detectar o quanto de nada existe", escrevem no editorial.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Nova edição da revista 'A Cigarra' é lançada

Nelson Albuquerque
Do Diário do Grande ABC

17/12/2004 | 10:54


A poesia presente nas imagens e a imagem construída pelas palavras são o conteúdo da nova edição da revista andreense A Cigarra. A publicação independente traz poemas de 25 autores, entre consagrados e novatos, além de reproduções de grafites e fotografias de João Colovatti (1945-2001). O lançamento ocorre em duas datas: nesta sexta, às 19h, no Sesc Santo André (r. Tamarutaca, 302); e sábado, às 11h, no Café Cultura do Shopping Santo André (r. Álvares Azevedo, 99).

Os editores Jurema Barreto de Souza e Zhô Bertholini decidiram lançar olhar para um tipo de arte que está literalmente nas ruas. O grafite, uma arte de nossos tempos ou, segundo os editores, "esta expressão urbana, que tanto seduz jovens, onde cada qual busca sua identidade".

O grafite está na capa, nos poemas de Zhô e Jurema e no artigo da artista plástica Paula Caetano. É também o motivo que decora quase todas as 42 páginas da revista. Cabe aqui o destaque para o novo - belo e agradável - projeto visual da publicação assinado por Perkins T. Moreira.

Nos lançamentos serão usadas as mesas decoradas por grafites de Tota, Gejo, Deninja, Chorão e Celso Gitahy, trabalho feito durante o evento A Arte do Graffiti, organizado este ano pela Prefeitura andreense. A Cigarra estará à venda por R$ 7.

A atual edição - de número 39 e ano 22 - oferece a poesia do fotógrafo João Colovatti. Quatro cenas da região, captadas quando o autor atuava como fotojornalista pelo Diário de 1971 a 1993, estão nas páginas da revista. São imagens que estiveram na exposição Revelações de um Anti-herói, em Santo André, entre o mês passado e este. Há também uma homenagem à escritora paulista Hilda Hilst (1930-2004).

Depois da leitura visual, os poemas. De Augusto de Campos, Diego Vinhas, Lucio Agra, Hélio Neri, Margarete Schiavinatto, Cidia Peixoto, Maurício Carneiro, Frederico Barbosa, Lau Siqueira, Denise Assumpção. Nomes conhecidos e inéditos ganham o mesmo tratamento, o mesmo espaço para seus versos.

"Sim, insistimos na diversidade onde cada qual expõe sua procura. Ou encontro. Por dentro tudo é gente", diz um trecho do editorial. Jurema estreou A Cigarra há 22 anos, aliou-se a Zhô e a João Antônio da Silva Sampaio na condução do veículo. Agora, estão ela e Zhô na manutenção desse heróico circulador de idéias. "Sim, a poesia faz diferença, e muito, basta olhar ao redor para detectar o quanto de nada existe", escrevem no editorial.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;