Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Procon-SP e TJ-SP lançam projeto para superendividados



16/11/2010 | 07:00


A Fundação Procon-SP e o TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) lançam hoje o projeto-piloto de tratamento do superendividamento, com o objetivo de ajudar pessoas com dívidas a renegociar seus débitos com os credores.

Os consumidores que tiverem interesse em participar do movimento deverão se inscrever nos postos de atendimento do Procon-SP nas unidades da Poupatempo da Sé, Santo Amaro e Itaquera. Basta responder questionário para participar de audiência coletiva. As entidades preveem atender 300 pessoas -100 por mês - a partir do início de dezembro.

As audiências coletivas serão coordenadas e supervisionadas pelo TJ-SP. Se houver acordo entre consumidor e credor, o juiz conciliador irá homologar o resultado nas sessões de conciliação. Caberá ao Procon-SP capacitar servidores e conciliadores para orientar os compradores endividados sobre temas como legislação do consumidor, psicologia econômica, matemática financeira e organização do orçamento doméstico.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Procon-SP e TJ-SP lançam projeto para superendividados


16/11/2010 | 07:00


A Fundação Procon-SP e o TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) lançam hoje o projeto-piloto de tratamento do superendividamento, com o objetivo de ajudar pessoas com dívidas a renegociar seus débitos com os credores.

Os consumidores que tiverem interesse em participar do movimento deverão se inscrever nos postos de atendimento do Procon-SP nas unidades da Poupatempo da Sé, Santo Amaro e Itaquera. Basta responder questionário para participar de audiência coletiva. As entidades preveem atender 300 pessoas -100 por mês - a partir do início de dezembro.

As audiências coletivas serão coordenadas e supervisionadas pelo TJ-SP. Se houver acordo entre consumidor e credor, o juiz conciliador irá homologar o resultado nas sessões de conciliação. Caberá ao Procon-SP capacitar servidores e conciliadores para orientar os compradores endividados sobre temas como legislação do consumidor, psicologia econômica, matemática financeira e organização do orçamento doméstico.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;