Fechar
Publicidade

Domingo, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Derrotado nas urnas, Márcio da Farmácia aguarda retorno ao Paço

Celso Luiz/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ex-secretário de Obras e vereador licenciado, verde não deve voltar à Câmara de Diadema


Júnior Carvalho
Especial para o Diário

16/11/2014 | 07:00


Ex-secretário de Obras e vereador licenciado de Diadema, Márcio da Farmácia (PV) espera definição do prefeito Lauro Michels (PV) para retornar ao Paço. Oficialmente, a administração ainda não se pronunciou acerca do futuro do verde, mas internamente Lauro articula para realocar o aliado no primeiro escalão e deixar que o suplente da legenda José Hudsomar Rodrigues Jardim, o Zé do Bloco, siga interinamente na cadeira do parlamentar.

A decisão final, porém, também dependerá das articulações em torno da eleição da presidência da Câmara para o próximo biênio (2015-2016). Atualmente, o governo projeta lançar José Dourado (PSDB) na disputa. Porém, o nome de Márcio e do próprio secretário de Saúde, José Augusto da Silva Ramos (PSDB), que também é vereador licenciado, ainda não foram totalmente descartados pelo prefeito.

Reeleito em 2012, Márcio não chegou a retornar ao Legislativo no ano seguinte. O verde foi convidado por Lauro a assumir a Pasta de Obras. No início deste ano, o verde deixou a administração e retornou ao Legislativo para disputar vaga na Câmara dos Deputados. Sua candidatura foi desenhada para confrontar com o projeto do ex-prefeito Mário Reali (PT – 2009 a 2012), que também tentou, sem sucesso, cadeira em Brasília.

O retorno de Márcio à Obras, no entanto, é considerado remoto, já que desempenho do atual secretário, Elbio Camilo Júnior, tem agradado ao governo. A saída do Márcio da secretaria coincidiu com a extinção da Saned (Companhia de Saneamento Básico de Diadema), então chefiada por Elbio. O Paço entende que o perfil técnico do hoje titular da Pasta é ideal para a condução de uma secretaria considerada estratégica nos dois últimos anos de governo.

Com esse cenário, Márcio é cotado para assumir a chefia de Gabinete, hoje comandada por Marcos Michels (PV), que acumula a chefia da Secretaria de Educação. Então secretário de Comunicação, Cacá Vianna retornou à Prefeitura como assessor especial. Ele tinha deixado a administração para se empenhar no pleito deste ano. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Derrotado nas urnas, Márcio da Farmácia aguarda retorno ao Paço

Ex-secretário de Obras e vereador licenciado, verde não deve voltar à Câmara de Diadema

Júnior Carvalho
Especial para o Diário

16/11/2014 | 07:00


Ex-secretário de Obras e vereador licenciado de Diadema, Márcio da Farmácia (PV) espera definição do prefeito Lauro Michels (PV) para retornar ao Paço. Oficialmente, a administração ainda não se pronunciou acerca do futuro do verde, mas internamente Lauro articula para realocar o aliado no primeiro escalão e deixar que o suplente da legenda José Hudsomar Rodrigues Jardim, o Zé do Bloco, siga interinamente na cadeira do parlamentar.

A decisão final, porém, também dependerá das articulações em torno da eleição da presidência da Câmara para o próximo biênio (2015-2016). Atualmente, o governo projeta lançar José Dourado (PSDB) na disputa. Porém, o nome de Márcio e do próprio secretário de Saúde, José Augusto da Silva Ramos (PSDB), que também é vereador licenciado, ainda não foram totalmente descartados pelo prefeito.

Reeleito em 2012, Márcio não chegou a retornar ao Legislativo no ano seguinte. O verde foi convidado por Lauro a assumir a Pasta de Obras. No início deste ano, o verde deixou a administração e retornou ao Legislativo para disputar vaga na Câmara dos Deputados. Sua candidatura foi desenhada para confrontar com o projeto do ex-prefeito Mário Reali (PT – 2009 a 2012), que também tentou, sem sucesso, cadeira em Brasília.

O retorno de Márcio à Obras, no entanto, é considerado remoto, já que desempenho do atual secretário, Elbio Camilo Júnior, tem agradado ao governo. A saída do Márcio da secretaria coincidiu com a extinção da Saned (Companhia de Saneamento Básico de Diadema), então chefiada por Elbio. O Paço entende que o perfil técnico do hoje titular da Pasta é ideal para a condução de uma secretaria considerada estratégica nos dois últimos anos de governo.

Com esse cenário, Márcio é cotado para assumir a chefia de Gabinete, hoje comandada por Marcos Michels (PV), que acumula a chefia da Secretaria de Educação. Então secretário de Comunicação, Cacá Vianna retornou à Prefeitura como assessor especial. Ele tinha deixado a administração para se empenhar no pleito deste ano. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;