Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Funcionários da ETCD aceitam reduzir extra


Adriana Cardoso
Da Redaçao

07/05/2000 | 07:43


  Acabou o impasse entre a diretoria e os cerca de 520 funcionários da ETCD (Empresa de Transporte Coletivo de Diadema). Nesta terça, a categoria e a direçao da ETCD fecharam acordo no qual a empresa concede os 7% de dissídio que eram reivindicados. O percentual será pago em duas parcelas de 3,5%, sendo a primeira neste mês e a segunda em junho. A assinatura do acordo suspendeu a ameaça de greve por parte dos funcionários.

A diretoria do sindicato também aceitou a proposta da direçao de reduzir de 100% para 50% as três primeiras horas extras feitas durante a semana. A partir da quarta hora extra e para todas as trabalhadas nos fins de semana e feriados, o benefício continua de 100%.

De acordo com o assessor da presidência da ETCD, Sotero do Carmo Brasil, duas outras propostas haviam sido apresentadas à categoria. A primeira era de conceder 2,5% de dissídio. A segunda, o pagamento dos 7% em cinco parcelas. Como nenhuma delas foi acatada pela direçao do Sindicato dos Rodoviários do ABC, a categoria ameaçava paralisar.

"O prejuízo de uma greve seria maior do que a concessao dos 7%", avaliou Brasil. Para se ter uma idéia, dois dias de paralisaçao poderiam provocar um prejuízo de R$ 92 mil aos cofres da empresa. A ETCD atende nove linhas no município e transporta cerca de 40 mil passageiros por dia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Funcionários da ETCD aceitam reduzir extra

Adriana Cardoso
Da Redaçao

07/05/2000 | 07:43


  Acabou o impasse entre a diretoria e os cerca de 520 funcionários da ETCD (Empresa de Transporte Coletivo de Diadema). Nesta terça, a categoria e a direçao da ETCD fecharam acordo no qual a empresa concede os 7% de dissídio que eram reivindicados. O percentual será pago em duas parcelas de 3,5%, sendo a primeira neste mês e a segunda em junho. A assinatura do acordo suspendeu a ameaça de greve por parte dos funcionários.

A diretoria do sindicato também aceitou a proposta da direçao de reduzir de 100% para 50% as três primeiras horas extras feitas durante a semana. A partir da quarta hora extra e para todas as trabalhadas nos fins de semana e feriados, o benefício continua de 100%.

De acordo com o assessor da presidência da ETCD, Sotero do Carmo Brasil, duas outras propostas haviam sido apresentadas à categoria. A primeira era de conceder 2,5% de dissídio. A segunda, o pagamento dos 7% em cinco parcelas. Como nenhuma delas foi acatada pela direçao do Sindicato dos Rodoviários do ABC, a categoria ameaçava paralisar.

"O prejuízo de uma greve seria maior do que a concessao dos 7%", avaliou Brasil. Para se ter uma idéia, dois dias de paralisaçao poderiam provocar um prejuízo de R$ 92 mil aos cofres da empresa. A ETCD atende nove linhas no município e transporta cerca de 40 mil passageiros por dia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;