Fechar
Publicidade

Sábado, 29 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Oposição de Taiwan pede verdade sobre atentado contra presidente


Da AFP

19/03/2005 | 11:20


Quase 20 mil pessoas saíram as ruas de Taipé neste sábado para exigir a verdade sobre a tentativa de assassinato do presidente Chen Shui-bian nas vésperas de sua reeleição, há um ano.

"Sem verdade não há paz", gritaram os manifestantes nas ruas da capital, liderados pelo chefe do partido Kuomintang (KMT), Lien Chan, que perdeu as eleições de 20 de março de 2004.

A oposição acredita que o atentado, que feriu o então candidato à reeleição Chen e a vice-presidente Annette Lu, cometido 24 horas antes da votação, serviu aos interesses do presidente, que venceu Lien por apenas 0,22% dos votos.

Os opositores também não acreditam no boletim policial que afirma que o autor do atentado era um desempregado que cometeu suicídio posteriormente.

Nas semanas seguintes à vitória de Chen, centenas de milhares de partidários do Kuomintang e de outros partidos da oposição saíram às ruas para pedir novas eleições.

O KMT recorreu à justiça, mas até o momento não conseguiu nenhum resultado positivo.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;