Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Posto é depredado por venda de combustível adulterado

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Consumidores pagaram até R$ 7 pelo litro da gasolina; veículos apresentaram falhas


Juliana Stern
Especial para o Diário

29/05/2018 | 07:00


Posto de gasolina de bandeira BR, localizado no cruzamento das avenidas Senador Vergueiro e Lions, no bairro Rudge Ramos, em São Bernardo, foi depredado por motoristas na tarde de ontem. Segundo testemunhas, consumidores insatisfeitos foram ao local cobrar o dono do estabelecimento sobre danos causados nos veículos por suposto combustível adulterado. Bombas, mesas e lixeiras foram danificadas, assim como a estação de troca de óleo.

De acordo com motoqueiro que preferiu não se identificar, a revolta começou quando motociclista voltou ao posto para reclamar a qualidade do combustível comprado, tendo em vista que o motor de sua moto passou a apresentar falhas. “Quando ele abordou o frentista, este respondeu ''''problema é seu, quem mandou abastecer aqui''''. Aí começou a bagunça. Outros motoqueiros e motoristas também saíram dos carros e começaram a quebrar tudo.”

O estabelecimento era um dos poucos abertos na região, registrando filas de três a quatro horas de espera para abastecimento. “Vim ontem (domingo) abastecer. Cheguei meia-noite e sai daqui às 3h”, conta o motoboy Bruno Oliveira, 24 anos. Mas o alívio por conseguir combustível durou pouco. “Desde então o motor da moto está falhando”, reclama.

O litro da gasolina estava sendo vendido a R$ 7. “Gastei R$ 500 para abastecer meu carro e o da minha esposa. E agora vou ter de levar na oficina, porque essa gasolina ruim danificou todo o motor. Está vazando óleo pelo escapamento”, revela o pintor Anderson Oliveira, 35.

MANIFESTAÇÃO

Revoltados, cerca de 40 motoqueiros se reuniram, por volta das 15h30, na Avenida Lions, para mostrar indignação e apoio à paralisação dos caminhoneiros, que entra hoje no oitavo dia. Os dois sentidos da via foram bloqueados. Por volta das 16h, eles seguiram para a Via Anchieta, onde se juntaram aos caminhoneiros, no acostamento, entre o km 23 e o km 25. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;