Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Pesquisadores estudam crueldade de jovens com animais


Do Diário do Grande ABC

09/05/2000 | 09:03


Pesquisadores britânicos anunciaram esta terça-feira o início de um importante programa de investigaçao sobre a crueldade dos jovens com os animais, encomendado pela poderosa associaçao britânica de defesa dos animais, a RSPCA.

O estudo, de seis meses de duraçao, foi encomendado depois que a organizaçao recebeu no ano passado um número recorde de 1,5 milhao de telefonemas denunciando maus tratos infligidos aos animais.

Entre esses fatos, que ocasionaram 132 mil queixas judiciais, figuram as queimaduras infligidas a um gatinho chamado Tilly por um jovem de 19 anos, o que traumatizou a entidade protetora dos animais. O jovem, que vivia em Nottinghamshire (Centro), havia colocado por cinco minutos o animal em um forno microondas na potência máxima. A Justiça o enviou por três meses para um centro de detençao de menores e o proibiu de possuir um animal doméstico pelo resto da vida.

Também um adolescente de 15 anos de Berkshire (Oeste de Londres) ensopou com gasolina outro gato, de nome Twingo, ateando-lhe fogo depois.

Os pesquisadores da universidade de Manchester (Norte da Inglaterra) pretendem entrevistar, para seu estudo, numerosos menores que maltrataram animais para entender melhor sua atitude.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pesquisadores estudam crueldade de jovens com animais

Do Diário do Grande ABC

09/05/2000 | 09:03


Pesquisadores britânicos anunciaram esta terça-feira o início de um importante programa de investigaçao sobre a crueldade dos jovens com os animais, encomendado pela poderosa associaçao britânica de defesa dos animais, a RSPCA.

O estudo, de seis meses de duraçao, foi encomendado depois que a organizaçao recebeu no ano passado um número recorde de 1,5 milhao de telefonemas denunciando maus tratos infligidos aos animais.

Entre esses fatos, que ocasionaram 132 mil queixas judiciais, figuram as queimaduras infligidas a um gatinho chamado Tilly por um jovem de 19 anos, o que traumatizou a entidade protetora dos animais. O jovem, que vivia em Nottinghamshire (Centro), havia colocado por cinco minutos o animal em um forno microondas na potência máxima. A Justiça o enviou por três meses para um centro de detençao de menores e o proibiu de possuir um animal doméstico pelo resto da vida.

Também um adolescente de 15 anos de Berkshire (Oeste de Londres) ensopou com gasolina outro gato, de nome Twingo, ateando-lhe fogo depois.

Os pesquisadores da universidade de Manchester (Norte da Inglaterra) pretendem entrevistar, para seu estudo, numerosos menores que maltrataram animais para entender melhor sua atitude.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;