Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Peça questiona convicções

Jairo Goldflus/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sara Saar
Do Diário do Grande ABC

04/05/2011 | 07:10


Diálogos afiados dão caráter provocativo ao drama "Usufruto", que retorna ao Grande ABC para apresentação única no sábado, às 21h, no Teatro Lauro Gomes, em São Bernardo.

Encenado por Lúcia Veríssimo - que também estreia como dramaturga - e Cláudio Lins, o espetáculo mostra o encontro casual de uma mulher cinquentona com um sujeito mais jovem. Os dois, que antes não se conheciam, disputam a compra de um apartamento, que tem como principal atrativo uma bela vista para o mar.

Para decidir quem deve ficar com o imóvel, é proposto um jogo, no qual somente a verdade pode ser dita. Enquanto Lúcia interpreta uma mulher debochada e sedutora que deseja levar a sua solidão para um ambiente mais agradável, Lins vive um arquiteto promissor da faixa dos 30 anos, em vias de se casar.

São personagens de visões opostas que, durante toda a peça - dirigida por José Possi Neto -, discutem sobre as suas experiências de vida. Definido por Lúcia como tributo a Roland Barthes, autor da obra "Fragmentos de Um Discurso Amoroso", o espetáculo instiga o público a questionar as suas próprias convicções.

Ora a plateia se permite guiar pelo ponto de vista do jovem que, preso a velhos conceitos e certezas absolutas, acredita na existência de um amor puro e fiel; ora o público se enxerga na pele da mulher cinquentona sintonizada com as mudanças do mundo que defende o amor perverso e polifórmico.

Em cartaz desde novembro de 2009, "Usufruto" mostra que os dois têm razão, afinal tudo é uma questão de ponto de vista. O espetáculo foi escrito para dar uma sacudida na juventude atual, considerada apática e conservadora pela atriz e dramaturga Lúcia Veríssimo.

Usufruto - Teatro. No sábado, às 21h. No Teatro Lauro Gomes - Rua Helena Jacquey, 171, São Bernardo. Tel.: 4368-3483. Ingr.: R$ 30 (compra antecipada), R$ 40 (inteira) e R$ 20 (promocional e meia-entrada).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Peça questiona convicções

Sara Saar
Do Diário do Grande ABC

04/05/2011 | 07:10


Diálogos afiados dão caráter provocativo ao drama "Usufruto", que retorna ao Grande ABC para apresentação única no sábado, às 21h, no Teatro Lauro Gomes, em São Bernardo.

Encenado por Lúcia Veríssimo - que também estreia como dramaturga - e Cláudio Lins, o espetáculo mostra o encontro casual de uma mulher cinquentona com um sujeito mais jovem. Os dois, que antes não se conheciam, disputam a compra de um apartamento, que tem como principal atrativo uma bela vista para o mar.

Para decidir quem deve ficar com o imóvel, é proposto um jogo, no qual somente a verdade pode ser dita. Enquanto Lúcia interpreta uma mulher debochada e sedutora que deseja levar a sua solidão para um ambiente mais agradável, Lins vive um arquiteto promissor da faixa dos 30 anos, em vias de se casar.

São personagens de visões opostas que, durante toda a peça - dirigida por José Possi Neto -, discutem sobre as suas experiências de vida. Definido por Lúcia como tributo a Roland Barthes, autor da obra "Fragmentos de Um Discurso Amoroso", o espetáculo instiga o público a questionar as suas próprias convicções.

Ora a plateia se permite guiar pelo ponto de vista do jovem que, preso a velhos conceitos e certezas absolutas, acredita na existência de um amor puro e fiel; ora o público se enxerga na pele da mulher cinquentona sintonizada com as mudanças do mundo que defende o amor perverso e polifórmico.

Em cartaz desde novembro de 2009, "Usufruto" mostra que os dois têm razão, afinal tudo é uma questão de ponto de vista. O espetáculo foi escrito para dar uma sacudida na juventude atual, considerada apática e conservadora pela atriz e dramaturga Lúcia Veríssimo.

Usufruto - Teatro. No sábado, às 21h. No Teatro Lauro Gomes - Rua Helena Jacquey, 171, São Bernardo. Tel.: 4368-3483. Ingr.: R$ 30 (compra antecipada), R$ 40 (inteira) e R$ 20 (promocional e meia-entrada).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;