Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Vigilância 24h dobra o registro de ocorrências


Kelly Zucatelli
Do Diário do Grande ABC

03/07/2009 | 07:05


Desde o mês passado, quando a central de monitoramento de Santo André passou a funcionar 24h, com mais de 20 câmaras espalhadas pela região central, os números de registros de ocorrências dobraram. O serviço começou a funcionar em dezembro do ano passado, mas naquela época não operava em período integral, o que fez com que muitos casos - de crimes e infrações de trânsito - deixassem se ser detectados.

Segundo o diretor do Departamento de Segurança de Trânsito de Santo André, Adriano Roberto Silva, nos primeiros 15 dias de junho foram registradas 588 ocorrências. Isso inclui veículos estacionados em lugares irregulares, fluxo do trânsito em determinadas vias, veículos acidentados ou danificados e ocorrências ligadas, a segurança, que são repassadas para a GCM (Guarda Civil Municipal).

COMUNIDADE
Para quem convive com os frequentes problemas de segurança e prostituição nas imediações das avenidas Industrial e Dom Pedro II, a presença das câmeras oferece pelo menos um pouco de tranquilidade. "Já tive minha loja roubada no início desse ano. As câmeras funcionando constantemente ajuda a ter um melhor policiamento", disse o aposentado Valdir Picagli, 57 anos.

Há 37 anos com seu bar instalado na Avenida Industrial, a comerciante Marli Frias Moreno dos Santos disse sentir-se mais segura com o monitoramento. "Acho que inibe mais os roubos. Antes, os ladrões circulavam mais. Hoje, eles vêem as câmeras e sabem que a polícia está vendo tudo."

SERVIÇO
Na instalação das câmeras, foram investidos R$ 900 mil pela Prefeitura. O município recebeu verba do Ministério da Justiça para o projeto.

No entanto, para aumentar a operação do monitoramento por câmeras para 24h, a Prefeitura não fez investimentos financeiros. Apenas o remanejamento de pessoal.

O próximo passo para ampliar o sistema de câmeras serão as avenidas Oratório e Itamarati. "Todas as ocorrências nos ajudarão na formulação de estudos técnicos com acidentes envolvendo veículos e pontos nas vias necessitados de intervenções", explicou o diretor de Segurança de Trânsito.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;