Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Portugal tenta conter os ânimos contra a Grécia


Do Diário do Grande ABC
Com Agências

03/07/2004 | 00:06


Na véspera da final contra a Grécia, além do apoio da torcida, os portugueses buscam motivação na derrota sofrida para os adversários de domingo no dia 12 de junho, na partida de abertura da Eurocopa. Apesar da ansiedade em devolver a derrota, o técnico Luiz Felipe Scolari tem pedido a seus jogadores paciência para que o time não seja surpreendido e uma nova tragédia grega aconteça no domingo no estádio da Luz, em Lisboa. O meia Maniche, por exemplo, afirmou nesta sexta-feira que controlar o nervosismo será uma das tarefas do time. "Sabemos que teremos de estar em forma e mentalmente fortes para vencer esse jogo", disse.

Apesar da imprensa portuguesa dar como certa a conquista, Maniche lembrou que Portugal não é tão favorito, pois a Grécia já derrotou os anfitriões e, na semifinal, bateu a República Checa, uma das favoritas ao título. "Será preciso paciência. Todos vimos que a Grécia é uma equipe compacta, que defende com disciplina o tempo todo, mas se mantivermos a calma, estou convencido de que podemos vencer", afirmou.

  Felipão – A FPF (Federação Portuguesa de Futebol) anunciou nesta sexta-feira que irá em breve oficializar a renovação do contrato de Felipão até a Copa do Mundo de 2006. Atravessando atualmente um clima de lua-de-mel depois de um período de conflitos, a união entre Scolari e a seleção portuguesa foi garantida até o Mundial da Alemanha depois da classificação inédita para a final da Eurocopa.

Porém, o presidente da FPF, Gilberto Madail, negou que o salário do brasileiro, estimado em cerca de 150 mil euros por mês, irá aumentar, apesar do treinador assumir a supervisão das categorias menores. "Há um dado curioso para explicar as boas relações do senhor Scolari conosco. Ele será responsável por todas as seleções, terá mais trabalho e cobrará o mesmo", disse.

Colaborou Raphael Ramos



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;