Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Carlos Alberto quebra o silêncio e admite ir para a reserva no Timão


Das Agências

19/07/2005 | 09:32


Enfim Carlos Alberto resolveu falar com a imprensa. E, em tom de desabafo, o meia do Corinthians admitiu que não vive um bom momento e aceita começar o jogo de quinta-feira diante do Paysandu no banco de reservas. “Realmente eu não estou bem há alguns jogos. Contra o Paraná fiz minha pior partida. Errava tudo o que eu tentava. Só acertei no lance do segundo gol”, disse. “Não posso mentir para mim mesmo, estou mal. Agora preciso esquecer as coisas negativas e tentar melhorar”.

  Contratado pela MSI para ser uma das estrelas do time, Carlos Alberto foi substituído nos últimos dois jogos e, para piorar sua situação, os atletas que entraram em seu lugar foram bem – Rosinei marcou dois na vitória de 3 a 1 sobre o Palmeiras e Dinélson também deixou sua marca no triunfo sobre o Paraná por 3 a 2 no último sábado.

  Se Carlos Alberto tem certeza da má fase que o atinge, a dúvida fica quanto sua titularidade no time. “É uma decisão que cabe ao treinador. Sei do meu potencial e o que posso render”, afirmou. “Não vou falar que vou ficar feliz se não jogar, pois só jogando poderei dar a volta por cima. Mas se tiver de ficar no banco, não haverá problema algum”.

  A expectativa do meia é de que contra o Paysandu ele possa começar jogando e, conseqüentemente, marque um gol para apagar as últimas más atuações. “Se jogar bem e fizer um gol, tudo vai melhorar”, salientou o craque, muito vaiado no jogo contra o Paraná. “Aqui em São Paulo a torcida me apóia. Se você está lutando dentro de campo, os torcedores reconhecem. É lógico que fiquei chateado com as vaias da torcida, mas eles cobram porque sabem que eu posso render mais”.

  A definição da equipe titular deve ser feita no coletivo desta terça-feira à tarde. O técnico Márcio Bittencourt contará com força máxima. Além do retorno do meia Roger, que cumpriu suspensão, o time volta a atuar no Pacaembu após quase dois meses.     


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;