Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Polícia liberta menina vítima de seqüestro no interior de SP


Do Diário OnLine

12/05/2002 | 17:15


Policiais da Delegacia Anti-Seqüestro de São José dos Campos e do Departamento de Operações Especiais da Polícia Civil de Minas Gerais libertaram na madrugada deste domingo uma garota de 11 anos que havia sido seqüestrada na terça-feira em Poços de Caldas, no estado mineiro.

A garota é filha do dono de uma rede de drogarias. A polícia não divulgou o valor do resgate pedido pelo seqüestradores, mas confirmou que a família da garota não pagou nenhuma quantia à quadrilha.

Cerca de 20 policiais de duas delegacias invadiram o cativeiro, uma casa alugada no Parque das Roseiras, no município de mesmo nome, no Vale do Paraíba. Os seqüestradores não reagiram. Foram detidos Walter Pereira Castro e Amanda Íris Martins Silva, 26 anos, estudante do quarto ano de Direito da Unip, de São José dos Campos. Os dois foram levados para a delegacia de Poços de Caldas.

Segundo policiais de São José dos Campos, que participaram da ação, além das investigações um telefonema anônimo ajudou a polícia a localizar o cativeiro. A Polícia Civil de Poços de Caldas está buscando outros três suspeitos de participarem da quadrilha.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia liberta menina vítima de seqüestro no interior de SP

Do Diário OnLine

12/05/2002 | 17:15


Policiais da Delegacia Anti-Seqüestro de São José dos Campos e do Departamento de Operações Especiais da Polícia Civil de Minas Gerais libertaram na madrugada deste domingo uma garota de 11 anos que havia sido seqüestrada na terça-feira em Poços de Caldas, no estado mineiro.

A garota é filha do dono de uma rede de drogarias. A polícia não divulgou o valor do resgate pedido pelo seqüestradores, mas confirmou que a família da garota não pagou nenhuma quantia à quadrilha.

Cerca de 20 policiais de duas delegacias invadiram o cativeiro, uma casa alugada no Parque das Roseiras, no município de mesmo nome, no Vale do Paraíba. Os seqüestradores não reagiram. Foram detidos Walter Pereira Castro e Amanda Íris Martins Silva, 26 anos, estudante do quarto ano de Direito da Unip, de São José dos Campos. Os dois foram levados para a delegacia de Poços de Caldas.

Segundo policiais de São José dos Campos, que participaram da ação, além das investigações um telefonema anônimo ajudou a polícia a localizar o cativeiro. A Polícia Civil de Poços de Caldas está buscando outros três suspeitos de participarem da quadrilha.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;