Esportes

Palmeiras realiza os primeiros treinos ‘vivendo um sonho’


A palavra sonho tomou conta das declarações dos jogadores palmeirenses após o título da Libertadores, sábado, sobre o Santos, que classificou o time para a disputa do Mundial de Clubes. Ontem, no primeiro dia de atividades em Doha, no Catar, o zagueiro Luan e o polivalente Gabriel Menino mantiveram o script e exaltaram o sentimento de felicidade que estão vivendo.

“É um sonho, estamos vivendo um sonho. Antes do jogo contra o Santos meu irmão me mandou uma mensagem, uma retrospectiva da minha carreira, fiquei bem emocionado e vi que todos os sonhos que tive de garoto, que eram tão distantes, estou conseguindo realizar”, disse Luan. “Estou muito feliz, agora vamos viver esse sonho, vamos fazer acontecer. São os sonhos que nos movem, os sonhos que sonhei quando era pequeno estou conseguindo realizar. Tem muito mais ainda, vamos trabalhar para ter grandes resultados”, completou o defensor palmeirense.

“Sempre torneios que vi pela TV, tive o sonho de jogar os campeonatos e hoje estou realizando. Pude vencer a Libertadores com o elenco e estamos vivendo esse sonho do Mundial. Estou aqui vivendo um sonho e se Deus quiser vamos ser campeões do Mundial”, afirmou Gabriel Menino´.

A dupla, inclusive, já projeta o confronto de domingo, às 16h, contra o Tigres, do México, que ontem venceu o Ulsan Hyundai, da Coreia do Sul (leia mais abaixo).

“Com certeza o Abel vai traçar a nossa estratégia, nosso plano de jogo, para podermos fazer um grande jogo. Sabemos que o Tigres é um time gigante do México, mas somos o Palmeiras e temos que entrar para vencer todos os jogos. Vamos nos preparar para isso”, declarou Luan. “Nosso foco mudou totalmente para cá (Catar), e agora é só começar a pensar no Tigres, como eles jogam, como vai ser. Tenho certeza que vamos fazer excelente treino para conquistar a vitória”, emendou Gabriel Menino.

Ontem, após manhã de reuniões e compromissos protocolares com a organização do Mundial de Clubes, o Palmeiras realizou primeiramente um trabalho de ativação muscular. Já na parte da noite o elenco foi a campo em local ao lado do hotel onde a delegação está instalada. O treinador português Abel Ferreira comandou treino diferente de movimentação, inicialmente com os atletas utilizando as mãos (como no rugby) e, depois, com os pés, mas sem deixar a bola cair. Hoje, o grupo repetirá os treinamentos. 

Comentários


Veja Também


Voltar