Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Vinte e nove anos

O tema de minha coluna desta semana não poderia ser outro


Carlos Ferrari

29/06/2011 | 00:00


O tema de minha coluna desta semana não poderia ser outro, pois a oportunidade de celebrar tantos anos de trabalho e de conquistas deve ser sempre valorizada e reconhecida.

Apesar de serem quase três décadas, me lembro bem da empolgação de meus pais, e de tantos outros amigos, quando falavam da possibilidade de fundar uma associação que viria para lutar por novas oportunidades e tantas outras coisas que, acreditem, acho que nem eles sabiam bem o que era, apenas tinham a certeza de que havia muito o que fazer, e muitos por quem lutar.

Foi em 25 de junho de 1982 que os então 48 funcionários da Volkswagem do Brasil concretizaram um sonho e fundaram a Avape (Associação para Valorização de Excepcionais), atualmente chamada Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência.

Hoje, estar à frente da vice-presidência dessa organização que se tornou referência no Grande ABC, em São Paulo, no Brasil e no mundo, é para mim algo repleto de múltiplos significados. Digo sempre a meu pai que a responsabilidade é dobrada, visto que temos que tocar em frente e cuidar de algo tão bem pensado e concebido.

A Avape cresceu, mudou sua razão social, e deixou de ser uma entidade voltada apenas para cuidar das pessoas com deficiência, visto que são inúmeras as pessoas com deficiência que hoje também cuidam e lutam pela organização. Isso significa dizer que, além da perspectiva de ofertar atendimentos por meio de serviços, programas, projetos e benefícios, a Avape se tornou um forte instrumento para alavancar o protagonismo das pessoas com deficiência.

No dia de São Pedro, estaremos todos reunidos: fundadores, parceiros estatais e não estatais, movimentos sociais, colaboradores, usuários e voluntários, para relembrar e comemorar muitos passos dados até aqui. Também estaremos juntos para sonhar mais e identificar novas possibilidades que nos permitam cada vez mais construir em conjunto.

Você pode se perguntar: "Mas o que exatamente eles fizeram?". Permitam-me então compartilhar algumas informações que nos enchem de orgulho, e obviamente, de muita responsabilidade. Vamos começar falando sobre a questão da participação cidadã, pois sempre foi uma determinação histórica dos nossos conselhos deliberativos que a organização participasse ativamente na formulação e construção de políticas públicas, o que hoje já acontece.

Nos municípios onde possui unidades, a Avape atua sempre em algum conselho municipal de política ou de direito relacionado às pessoas com deficiência. A propósito, a Avape possui unidades em Santo André, São Bernardo, São Paulo, São José dos Campos, Tatuí, Taubaté e Resende, no Rio de Janeiro. E estou falando apenas de unidades próprias da associação, já que se fôssemos abordar o movimento avapeano teríamos conversa de sobra para mais algumas colunas. No ano passado foram mais de 700 mil atendimentos e quase 1.500 pessoas colocadas no mercado de trabalho.

Como vocês podem ver, é bastante coisa para contar. Se você quiser fazer parte dessa história, fica o convite para visitar o nosso site, www.avape.org.br, ou mesmo uma de nossas unidades. Aos avapeanos e parceiros, me despeço desejando muitos parabéns e declarando um emocionado obrigado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;