Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Sto.André busca benefício do 'pouco caso' corintiano

De olho em 2010, Timão não dá atenção ao
jogo de amanhã pela 34ª rodada do Brasileirão


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

07/11/2009 | 07:00


Contratações, dispensas, sonhos, especulações e possibilidades agitam os noticiários do Corinthians. De olho na temporada 2010, quando completa o centenário e busca o inédito e tão almejado título da Copa Libertadores da América, o Timão apenas cumpre tabela no Campeonato Brasileiro até o fim deste ano. E é tentando se beneficiar disso que o Santo André enfrenta o Alvinegro amanhã, às 16h, no Estádio do Pacaembu, necessitando obrigatoriamente de uma vitória para deixar a zona de rebaixamento (é 17º, com 35 pontos).

"Acredito que eles estejam mais relaxados, apesar que jogar contra o Corinthians, uma das maiores potências do País, na casa deles, também vai ser complicado", comentou o lateral-direito Rômulo, que comparou esta partida à do primeiro turno, quando Ramalhão e Timão empataram por 1 a 1 em São José do Rio Preto. "Aquele jogo foi mais difícil porque na época eles ainda buscavam a tríplice coroa. Agora, com o pensamento no ano que vem, ninguém quer perder espaço, então vai ser brigado tal qual aquele", emendou.

Para o zagueiro Cesinha, independentemente da importância que o Corinthians deposita nesta partida, o Santo André tem de ser ainda mais ambicioso e demonstrar raça superior ao adversário. "Não será mais fácil do que o jogo do primeiro turno, mas temos de entrar com mais vontade do que eles, jogando firme para conseguir a vitória", indicou. "Pela qualidade dos jogadores deles, temos de entrar com cuidado. Mas independente da situação do Corinthians, precisamos impor nosso ritmo e jogar para ganhar", completou o meia Camilo.

De acordo com o técnico Sérgio Soares, o adversário de amanhã impõe dificuldade em qualquer que seja a ocasião pelo tamanho que tem. "O fato de não buscar mais nada do Brasileiro não quer dizer nada. O Corinthians é um time de grande repercussão, tem uma torcida exigente e vai dificultar para a gente", afirmou.

Ontem à tarde a equipe retornou de Atibaia, onde ficou concentrada nos últimos três dias, e os relacionados para a partida de amanhã já ficaram hospedados em hotel da região. Hoje pela manhã realiza o último treino no Brunão.

CARAVANA - Haverá ônibus gratuitos para os andreenses que quiserem ir ao Pacaembu assistir ao jogo de amanhã saindo às 13h do Bruno Daniel. Reservas com Renatinho: 7274-4372.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sto.André busca benefício do 'pouco caso' corintiano

De olho em 2010, Timão não dá atenção ao
jogo de amanhã pela 34ª rodada do Brasileirão

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

07/11/2009 | 07:00


Contratações, dispensas, sonhos, especulações e possibilidades agitam os noticiários do Corinthians. De olho na temporada 2010, quando completa o centenário e busca o inédito e tão almejado título da Copa Libertadores da América, o Timão apenas cumpre tabela no Campeonato Brasileiro até o fim deste ano. E é tentando se beneficiar disso que o Santo André enfrenta o Alvinegro amanhã, às 16h, no Estádio do Pacaembu, necessitando obrigatoriamente de uma vitória para deixar a zona de rebaixamento (é 17º, com 35 pontos).

"Acredito que eles estejam mais relaxados, apesar que jogar contra o Corinthians, uma das maiores potências do País, na casa deles, também vai ser complicado", comentou o lateral-direito Rômulo, que comparou esta partida à do primeiro turno, quando Ramalhão e Timão empataram por 1 a 1 em São José do Rio Preto. "Aquele jogo foi mais difícil porque na época eles ainda buscavam a tríplice coroa. Agora, com o pensamento no ano que vem, ninguém quer perder espaço, então vai ser brigado tal qual aquele", emendou.

Para o zagueiro Cesinha, independentemente da importância que o Corinthians deposita nesta partida, o Santo André tem de ser ainda mais ambicioso e demonstrar raça superior ao adversário. "Não será mais fácil do que o jogo do primeiro turno, mas temos de entrar com mais vontade do que eles, jogando firme para conseguir a vitória", indicou. "Pela qualidade dos jogadores deles, temos de entrar com cuidado. Mas independente da situação do Corinthians, precisamos impor nosso ritmo e jogar para ganhar", completou o meia Camilo.

De acordo com o técnico Sérgio Soares, o adversário de amanhã impõe dificuldade em qualquer que seja a ocasião pelo tamanho que tem. "O fato de não buscar mais nada do Brasileiro não quer dizer nada. O Corinthians é um time de grande repercussão, tem uma torcida exigente e vai dificultar para a gente", afirmou.

Ontem à tarde a equipe retornou de Atibaia, onde ficou concentrada nos últimos três dias, e os relacionados para a partida de amanhã já ficaram hospedados em hotel da região. Hoje pela manhã realiza o último treino no Brunão.

CARAVANA - Haverá ônibus gratuitos para os andreenses que quiserem ir ao Pacaembu assistir ao jogo de amanhã saindo às 13h do Bruno Daniel. Reservas com Renatinho: 7274-4372.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;