Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

BC eleva projeção de inflação para 2002 e 2003


Do Diário OnLine

30/12/2002 | 15:41


O Banco Central elevou suas projeções de inflação para 2002 e 2003, segundo relatório de inflação divulgado nesta segunda-feira. A nova projeção da taxa para 2002 é de uma variação de 12,4% para o IPCA. A meta definida para o governo para este ano era de uma inflação central de 3,5%, com margem de variação de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

Já para 2003, o Banco Central prevê uma inflação de 9,5% ao final do ano. A previsão anterior era de uma inflação de 4,5%. A meta do governo é de uma taxa de 4%, com margem de 2,5 pontos percentuais para cima ou para baixo. Se a previsão se confirmar, o Brasil vai estourar a meta do governo para a inflação pelo terceiro ano consecutivo.

A deterioração das expectativas para a inflação em 2003 e o efeito inercial da variação do IPCA em 2002 sobre o próximo ano foram as principais causas que levaram a autoridade financeira a elevar suas projeções de inflação.

Segundo o BC, as projeções foram feitas considerando uma taxa de juros constante de 25% ao ano e uma taxa de câmbio também constante no valor de R$ 3,55 por dólar.

PIB — Já em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), o Banco Central prevê um crescimento de 2,8%. Para este ano, a variação deve ficar em torno de 1,6%, aumento de 0,2 ponto percentual em relação ao relatório anterior, divulgado em setembro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

BC eleva projeção de inflação para 2002 e 2003

Do Diário OnLine

30/12/2002 | 15:41


O Banco Central elevou suas projeções de inflação para 2002 e 2003, segundo relatório de inflação divulgado nesta segunda-feira. A nova projeção da taxa para 2002 é de uma variação de 12,4% para o IPCA. A meta definida para o governo para este ano era de uma inflação central de 3,5%, com margem de variação de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

Já para 2003, o Banco Central prevê uma inflação de 9,5% ao final do ano. A previsão anterior era de uma inflação de 4,5%. A meta do governo é de uma taxa de 4%, com margem de 2,5 pontos percentuais para cima ou para baixo. Se a previsão se confirmar, o Brasil vai estourar a meta do governo para a inflação pelo terceiro ano consecutivo.

A deterioração das expectativas para a inflação em 2003 e o efeito inercial da variação do IPCA em 2002 sobre o próximo ano foram as principais causas que levaram a autoridade financeira a elevar suas projeções de inflação.

Segundo o BC, as projeções foram feitas considerando uma taxa de juros constante de 25% ao ano e uma taxa de câmbio também constante no valor de R$ 3,55 por dólar.

PIB — Já em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), o Banco Central prevê um crescimento de 2,8%. Para este ano, a variação deve ficar em torno de 1,6%, aumento de 0,2 ponto percentual em relação ao relatório anterior, divulgado em setembro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;