Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 10 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Conmebol quer punir Argentina pela ausência na Copa América


Analy Cristofani
Do Diário do Grande ABC
Com Agências

23/08/2001 | 00:48


A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) quer punir a Argentina por sua ausência na Copa América, disputada em julho na Colômbia. E foi buscar no seu regulamento maneiras de fazer isso. Segundo a Conmebol, descumprir um compromisso assumido e violar flagrantemente o regulamento da entidade é motivo para multa de US$ 50 mil, além de suspensão por dois anos em todas as competições organizadas pela entidade.

Um comunicado enviado pelo co-diretor do torneio, Alvaro Gonzalez Alzate, à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e às demais federações de futebol filiadas à Conmebol, pede aplicação de sanções disciplinares previstas no artigo 1º e 2º do regulamento da competição. “Uma atitude tremendamente injusta e não solidária com um país filiado à Conmebol, colocando em dúvida a unidade do futebol”, estava no documento. A seleção argentina não participou da Copa América sob a alegação de falta de segurança.

Acordo – A Conmebol ressalta que desde 1986 foi aprovada, em acordo com as demais federações, a obrigatoriedade de participação das seleções filiadas no torneio e que em 1992 ficou acertada a rotatividade nas sedes da competição: 1993 (Equador), 1995 (Uruguai), 1997 (Bolívia), 1999 (Paraguai), 2001 (Colômbia), 2003 (Peru), 2005 (Venezuela), 2007 (Argentina) e 2009 (Brasil).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Conmebol quer punir Argentina pela ausência na Copa América

Analy Cristofani
Do Diário do Grande ABC
Com Agências

23/08/2001 | 00:48


A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) quer punir a Argentina por sua ausência na Copa América, disputada em julho na Colômbia. E foi buscar no seu regulamento maneiras de fazer isso. Segundo a Conmebol, descumprir um compromisso assumido e violar flagrantemente o regulamento da entidade é motivo para multa de US$ 50 mil, além de suspensão por dois anos em todas as competições organizadas pela entidade.

Um comunicado enviado pelo co-diretor do torneio, Alvaro Gonzalez Alzate, à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e às demais federações de futebol filiadas à Conmebol, pede aplicação de sanções disciplinares previstas no artigo 1º e 2º do regulamento da competição. “Uma atitude tremendamente injusta e não solidária com um país filiado à Conmebol, colocando em dúvida a unidade do futebol”, estava no documento. A seleção argentina não participou da Copa América sob a alegação de falta de segurança.

Acordo – A Conmebol ressalta que desde 1986 foi aprovada, em acordo com as demais federações, a obrigatoriedade de participação das seleções filiadas no torneio e que em 1992 ficou acertada a rotatividade nas sedes da competição: 1993 (Equador), 1995 (Uruguai), 1997 (Bolívia), 1999 (Paraguai), 2001 (Colômbia), 2003 (Peru), 2005 (Venezuela), 2007 (Argentina) e 2009 (Brasil).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;