Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Jair Rodrigues canta com a filha no Ibirapuera


Patrícia Vilani
Do Diário do Grande ABC

11/08/2001 | 14:29


É Dia dos Pais. Para comemorar, a Secretaria de Cultura de São Paulo programou para este domingo o show de Luciana Mello, que acontece na Praça da Paz do Parque do Ibirapuera, a partir das 15h, com entrada franca. Cantora da nova safra da MPB, ela sobe ao palco ao lado do pai, Jair Rodrigues.

Luciana mostra as canções de seu mais recente CD, Assim que se Faz, que conta com composições do irmão, Jairzinho Oliveira, além de letras de Daniel Carlomagno, Carlos Alberto Rossi, Giorgio Calabrese e Candeia. Seu estilo é a balada, com leves toques de música dançante, samba, muito soul e black music. O hit é a faixa que batiza o álbum.

Curioso é lembrar de Luciana, aos 6 anos, apresentando-se com Jair Rodrigues em programas de televisão. Depois, a menina participou de vários discos e shows infantis, fez teatro, estudou canto e integrou o elenco de dois ou três musicais. Mas nunca chegou a atingir a fama do irmão, protagonista de O Balão Mágico ao lado de Simony.

Hoje, Luciana e Jairzinho estão lado a lado na carreira musical. E, pode-se dizer, bem encaminhados. Aos 22 anos, suas canções – compostas por ele e cantadas por ela – são Simples Desejo, Calados, Réveillon, Frente a Frente, Sem Tempo a Perder, E Se um Dia e Páginas Viradas, entre outras. Jairzinho, além de cantor e compositor, também é produtor musical e arranjador.

Orgulho para o veterano Jair Rodrigues, que neste domingo pega carona na fama de Luciana e relembra alguns (dos muitos) de seus sucessos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jair Rodrigues canta com a filha no Ibirapuera

Patrícia Vilani
Do Diário do Grande ABC

11/08/2001 | 14:29


É Dia dos Pais. Para comemorar, a Secretaria de Cultura de São Paulo programou para este domingo o show de Luciana Mello, que acontece na Praça da Paz do Parque do Ibirapuera, a partir das 15h, com entrada franca. Cantora da nova safra da MPB, ela sobe ao palco ao lado do pai, Jair Rodrigues.

Luciana mostra as canções de seu mais recente CD, Assim que se Faz, que conta com composições do irmão, Jairzinho Oliveira, além de letras de Daniel Carlomagno, Carlos Alberto Rossi, Giorgio Calabrese e Candeia. Seu estilo é a balada, com leves toques de música dançante, samba, muito soul e black music. O hit é a faixa que batiza o álbum.

Curioso é lembrar de Luciana, aos 6 anos, apresentando-se com Jair Rodrigues em programas de televisão. Depois, a menina participou de vários discos e shows infantis, fez teatro, estudou canto e integrou o elenco de dois ou três musicais. Mas nunca chegou a atingir a fama do irmão, protagonista de O Balão Mágico ao lado de Simony.

Hoje, Luciana e Jairzinho estão lado a lado na carreira musical. E, pode-se dizer, bem encaminhados. Aos 22 anos, suas canções – compostas por ele e cantadas por ela – são Simples Desejo, Calados, Réveillon, Frente a Frente, Sem Tempo a Perder, E Se um Dia e Páginas Viradas, entre outras. Jairzinho, além de cantor e compositor, também é produtor musical e arranjador.

Orgulho para o veterano Jair Rodrigues, que neste domingo pega carona na fama de Luciana e relembra alguns (dos muitos) de seus sucessos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;