Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Collor concorre ao Senado, mas sonha com a Presidência


Do Diário OnLine

06/01/2002 | 16:37


O ex-presidente Fernando Collor de Mello (PRTB) concorrerá, em 2002, a uma cadeira do Senado, mas sonha com a Presidência da República. Collor pretende, a partir de abril, demonstrar que o impeachment foi injusto, recuperando, desta maneira, a credibilidade.

Segundo o presidente nacional do PRTB, José Levy Fidélix, em 1990, Fernando Collor foi eleito com 35 milhões de votos e muitos desses eleitores sabem que o ex-presidente foi injustiçado. Ele também afirmou que Collor deve adotar o estilo ‘amigo do povo’ e fazer alianças com o PFL e o PTB.

A senadora Heloísa Helena (PT-AL), possível candidata ao governo de Alagoas em 2002, indignou-se com os planos de Fernando Collor. ‘Se ele pensa que é tão forte, por que não disputa o governo do estado? É porque sabe que vai perder, pois vamos mostrar a farsa que foi o governo dele. O Collor arrota arrogância, mas deglute medo’, disse a senadora.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Collor concorre ao Senado, mas sonha com a Presidência

Do Diário OnLine

06/01/2002 | 16:37


O ex-presidente Fernando Collor de Mello (PRTB) concorrerá, em 2002, a uma cadeira do Senado, mas sonha com a Presidência da República. Collor pretende, a partir de abril, demonstrar que o impeachment foi injusto, recuperando, desta maneira, a credibilidade.

Segundo o presidente nacional do PRTB, José Levy Fidélix, em 1990, Fernando Collor foi eleito com 35 milhões de votos e muitos desses eleitores sabem que o ex-presidente foi injustiçado. Ele também afirmou que Collor deve adotar o estilo ‘amigo do povo’ e fazer alianças com o PFL e o PTB.

A senadora Heloísa Helena (PT-AL), possível candidata ao governo de Alagoas em 2002, indignou-se com os planos de Fernando Collor. ‘Se ele pensa que é tão forte, por que não disputa o governo do estado? É porque sabe que vai perder, pois vamos mostrar a farsa que foi o governo dele. O Collor arrota arrogância, mas deglute medo’, disse a senadora.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;