Fechar
Publicidade

Sábado, 28 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

social@dgabc.com.br | 4435-8302

Dia dos animais deve ser todo dia

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Cinoterapia utiliza cães ou outros animais como coterapeutas em sessões de terapia


Marcela Ibelli
Do Diário do Grande ABC

14/03/2020 | 04:11


A cinoterapia utiliza cães ou outros animais como coterapeutas em sessões de terapia. Estudos apontam que ações como tocar e brincar com eles contribuem na liberação de substâncias no cérebro, como endorfina e serotonina, responsáveis por sensações de felicidade e bem-estar. Alunos da região estão tendo aulas com o método. Jozimeira Stocco, diretora geral do colégio Stocco, fala sobre o assunto. “Nós vimos que há muitos benefícios para as crianças e tem somado na questão de trabalhar a inteligência emocional delas.” Hoje, no Dia Nacional dos Animais, fica a reflexão do quanto é importante cuidar deles. Os animais também são lembrados em 4 de outubro, homenagem ao nascimento de São Francisco de Assis, padroeiro dos bichos.

Medicina humanista
Ao mesmo tempo em que animais são requisitados para tratamentos, mais se fala na humanização do atendimento médico. Mesmo assim falta muito.“É urgente reformulação da grade curricular nas faculdades de medicina, que possa equilibrar avanços em termos de tecnologia de cura com maior aproximação entre médicos e pacientes”, opina Pablo Blasco, diretor-fundador da Sobramfa Educação Médica e Humanismo. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Dia dos animais deve ser todo dia

Cinoterapia utiliza cães ou outros animais como coterapeutas em sessões de terapia

Marcela Ibelli
Do Diário do Grande ABC

14/03/2020 | 04:11


A cinoterapia utiliza cães ou outros animais como coterapeutas em sessões de terapia. Estudos apontam que ações como tocar e brincar com eles contribuem na liberação de substâncias no cérebro, como endorfina e serotonina, responsáveis por sensações de felicidade e bem-estar. Alunos da região estão tendo aulas com o método. Jozimeira Stocco, diretora geral do colégio Stocco, fala sobre o assunto. “Nós vimos que há muitos benefícios para as crianças e tem somado na questão de trabalhar a inteligência emocional delas.” Hoje, no Dia Nacional dos Animais, fica a reflexão do quanto é importante cuidar deles. Os animais também são lembrados em 4 de outubro, homenagem ao nascimento de São Francisco de Assis, padroeiro dos bichos.

Medicina humanista
Ao mesmo tempo em que animais são requisitados para tratamentos, mais se fala na humanização do atendimento médico. Mesmo assim falta muito.“É urgente reformulação da grade curricular nas faculdades de medicina, que possa equilibrar avanços em termos de tecnologia de cura com maior aproximação entre médicos e pacientes”, opina Pablo Blasco, diretor-fundador da Sobramfa Educação Médica e Humanismo. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;