Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 10 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Espaço aposta na produção de artistas do ABC


Do Diário do Grande ABC

17/02/2002 | 16:31


O Centro Cultural Rotary Bela Vista surge como opção de acesso gratuito à arte e cultura em um espaço multidisciplinar. O novo centro (av. Lino Jardim, 575. Tel.: 4436-1122), em Santo André, abre nesta segunda-feira às 20h com show de vários músicos, lançamento de livro, exposição de pinturas e montagem teatral.

 Nesta segunda, apresentam-se o violonista Robson Miguel, o cantor lírico Plínio Ramaciotti, a banda Fantasy e o trio de jazz Eduardo Diana, Flávio Bala e Ari Roland. Teca Passos mostrará parte de suas telas, a escritora Maria Zulema relança seu livro Vontade de Ir Além (edição da autora) e a diretora Beatriz Domingues Brandão comanda a encenação de uma peça interativa.

 "A interação faz parte do objetivo do Centro Cultural: toda atividade deve interagir com outras", diz o advogado Raimundo Salles dos Santos, presidente do Rotary Club Santo André – Bela Vista, entidade que criou o espaço em parceria com artistas locais. A sede do Rotary também se encontra no Centro Cultural.

 Outra característica do novo espaço é atender as demandas da classe artística do Grande ABC. "Nossa idéia é mostrar o trabalho só de artistas andreenses e abrir espaço para outros da região. Eventualmente, podemos trazer algum profissional de São Paulo para dar curso ou mostrar sua arte, mas nosso objetivo é incentivar artistas da região", afirma Salles dos Santos.

 Outras atividades programadas são uma exposição de cartuns, em março, e cursos de história da arte aos sábados. Eventos de lançamento de peças teatrais em cartaz no Teatro Municipal de Santo André também estão previstos. "Queremos evitar a burocracia do poder público e oferecer atividades a todas as pessoas que quiserem ter acesso à cultura gratuitamente", afirma Salles dos Santos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Espaço aposta na produção de artistas do ABC

Do Diário do Grande ABC

17/02/2002 | 16:31


O Centro Cultural Rotary Bela Vista surge como opção de acesso gratuito à arte e cultura em um espaço multidisciplinar. O novo centro (av. Lino Jardim, 575. Tel.: 4436-1122), em Santo André, abre nesta segunda-feira às 20h com show de vários músicos, lançamento de livro, exposição de pinturas e montagem teatral.

 Nesta segunda, apresentam-se o violonista Robson Miguel, o cantor lírico Plínio Ramaciotti, a banda Fantasy e o trio de jazz Eduardo Diana, Flávio Bala e Ari Roland. Teca Passos mostrará parte de suas telas, a escritora Maria Zulema relança seu livro Vontade de Ir Além (edição da autora) e a diretora Beatriz Domingues Brandão comanda a encenação de uma peça interativa.

 "A interação faz parte do objetivo do Centro Cultural: toda atividade deve interagir com outras", diz o advogado Raimundo Salles dos Santos, presidente do Rotary Club Santo André – Bela Vista, entidade que criou o espaço em parceria com artistas locais. A sede do Rotary também se encontra no Centro Cultural.

 Outra característica do novo espaço é atender as demandas da classe artística do Grande ABC. "Nossa idéia é mostrar o trabalho só de artistas andreenses e abrir espaço para outros da região. Eventualmente, podemos trazer algum profissional de São Paulo para dar curso ou mostrar sua arte, mas nosso objetivo é incentivar artistas da região", afirma Salles dos Santos.

 Outras atividades programadas são uma exposição de cartuns, em março, e cursos de história da arte aos sábados. Eventos de lançamento de peças teatrais em cartaz no Teatro Municipal de Santo André também estão previstos. "Queremos evitar a burocracia do poder público e oferecer atividades a todas as pessoas que quiserem ter acesso à cultura gratuitamente", afirma Salles dos Santos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;