Fechar
Publicidade

Sábado, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Polícia restringe ronda de bicicleta ao período diurno

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Operação entre campus da UFABC e Terminal de Sto.André será feita até as 18h devido aos riscos


Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

26/07/2019 | 07:00


Diante dos inúmeros casos de roubos a estudantes da UFABC (Universidade Federal do ABC) e pedestres que circulam no entorno do Terminal de Ônibus de Santo André, no Centro, a Polícia Militar iniciou ontem programa de monitoramento por bicicleta. As rondas, no entanto, serão realizadas apenas no período diurno tendo em vista os riscos até mesmo para profissionais da corporação.

“O horário de atuação vai ser eminentemente durante o dia, porque o policiamento com bicicleta à noite se torna perigoso até para o próprio policial. De início (a ronda) vai começar mais no horário vespertino, mas pode, dependendo dos indicadores criminais, mudar para o período da manhã, mas normalmente não passa das 18h”, destaca o capitão Rogério Dias Bastos sobre o trabalho inédito realizado pelo 10º Batalhão da 1ª Companhia da Polícia Militar.

Além do policiamento por meio das bikes, o reforço da segurança na área – considerada sensível pelo oficial – contará com apoio de base comunitária móvel. A ideia é proporcionar segurança aos cerca de 15 mil indivíduos que circulam diariamente pelo trecho de aproximadamente três quilômetros de ciclovia entre a universidade federal e o terminal de ônibus. “Não é um percurso longo, mas por ter fluxo grande de pessoas, acaba atraindo o crime. A bicicleta tem mais flexibilização do que o policiamento com quatro rodas ou com a moto e é uma forma de tentar combater o crime”, observa capitão Bastos.

Desde 2012, o Diário vem denunciando a insegurança no entorno da UFABC, problema que já motivou, inclusive, reuniões e medidas conjuntas entre a polícia, instituição de ensino e Prefeitura. Em março, reportagem mostrou que um dos trechos mais vulneráveis é o acesso ao ponto do ônibus fretado da universidade ao lado do Terminal Metropolitano Leste. Os crimes ocorrem, em sua maioria, na rampa de acesso que existe entre a passagem subterrânea que sai da estação e a Rua Visconde de Taunay, no Centro. As ocorrências têm sido a qualquer horário do dia, da tarde e noite.

A reivindicação dos alunos é a transferência do ponto de ônibus para dentro do terminal, ação que está em fase de tratativas entre a reitoria da UFABC e a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos). No entanto, a Metra, responsável pelo serviço, destaca que “embora lamente os ocorridos, de acordo com as normas da própria EMTU, os terminais são destinados à linhas de ônibus urbanos e não seria viável a inclusão de uma linha de fretamento”.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;