Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Corinthians vira presa fácil e escapa de vexame no Sul

Estadão Conteúdo  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Equipe não se encontra em campo, faz outro jogo
ruim e se livra de tomar goleada do Grêmio, no Sul


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

04/06/2015 | 07:00


O Corinthians escapou de sofrer vexame histórico, ontem à noite, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. Entregue e sem conseguir trocar três passes certos, o time de Tite apenas assistiu ao entusiasmado Tricolor gaúcho construir a vitória por 3 a 1 e se recuperar após início ruim no Campeonato Brasileiro.

Com a tranquila vitória, o Grêmio subiu para oitavo, com oito pontos, enquanto o Corinthians é apenas o 11º, com sete. A arena viu jogo de uma equipe motivada pela recente troca de treinador – Felipão deixou o Grêmio para a chegada de Roger Machado – contra outra em queda livre, mergulhada em crises técnica e financeira. Os primeiros minutos não deram margem para imaginar outro resultado que não fosse um massacre dos gaúchos.

O primeiro gol saiu sem que o Corinthians tocasse na bola. Aos dois minutos, em linda troca de passes, o Grêmio envolveu com facilidade a defesa e Pedro Rocha cruzou para Giuliano apenas desviar à rede.
Sem dar tempo para o Timão conseguir respirar, aos quatro, Marcelo Oliveira, livre na entrada da área, bateu de voleio para marcar um golaço e nocautear os paulistas.

Surpreso com a incrível facilidade que encontrava no jogo, o Grêmio resolveu administrar a partida. Mesmo mais recuados, os gaúchos praticamente não eram ameaçados tamanha ineficiência ofensiva do Timão. Cristian, que ganhou a vaga de Ralf no meio, estava visivelmente nervoso e se limitava a recompor a defesa, enquanto Bruno Henrique era quem auxiliava Jadson e Renato Augusto na armação das jogadas.

Nem o belo gol de Mendoza, aos 22, aproveitando boa jogada individual de Fagner, devolveu a esperança ao torcedor corintiano. Isso porque Luan, aos 38, aproveitou falha da zaga e fez o terceiro gol, devolvendo o controle da partida ao Grêmio.

Se sobrava vontade ao time gaúcho, faltava ao Corinthians. Apático, Tite parecia não saber o que fazer para retomar as rédeas e o reflexo era uma equipe desorganizada em campo.

A cada investida do Timão, o Grêmio respondia com contra-ataques, mas faltou calma para que os gaúchos transformassem a vitória em goleada. Restou ao Timão insistir e, por pouco, não fez o segundo com Petros, mas Tiago realizou excepcional defesa. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;