Fechar
Publicidade

Sábado, 21 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Igreja promove Dia Mundial dos Pobres

Claudinei Plaza/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Em missa em Santo André, bispo criticou vontade política dos governos para a área social


Arthur Gandini
Especial para o Diário

15/11/2021 | 00:06


A Diocese de Santo André, responsável por todas as paróquias da Igreja Católica na região, promoveu ontem o chamado Dia Mundial dos Pobres. A data contou com missas voltadas a pessoas de baixa renda em todo o Grande ABC, além de cafés da manhã, almoços, lanches e serviços como cortes de cabelo, barba e unha. Também foram organizadas doações de roupas, calçados e alimentos. Outra ação foi a disponibilidade de orientação profissional, além de atendimento médico, psicológico e jurídico. Os eventos contaram com animação musical.

Segundo a Diocese, apenas nas ações realizadas na Praça do Carmo, no Centro de Santo André, 430 pessoas foram beneficiadas com a participação de 191 voluntários. O bispo responsável por administrar a diocese, dom Pedro Carlos Cipollini, celebrou missa no local. Ele incentivou o auxílio dos católicos aos mais necessitados. “Esse apelo do Dia dos Pobres é um momento no qual a Igreja convida todos nós a refletirmos, pensarmos e agirmos em favor dos nossos irmãos”, afirmou na homilia.

O religioso pediu que os fiéis rezassem para Deus por um mundo mais justo e fraterno. “(Devemos) pedir a conversão daqueles que governam para que realmente façam as coisas que precisam ser feitas. Muita coisa pode ser feita para melhorar a vida dos nossos irmãos e irmãs. Temos uma falta crônica de vontade política para resolver os problemas sociais. Temos essa dificuldade como nação”, criticou.
 
A data

O Dia Mundial dos Pobres foi instituído pelo papa Francisco no ano de 2016. A Igreja Católica no Brasil adotou nesse ano o tema Sentes Compaixão? para refletir sobre a pobreza no País e a crise econômica agravada pela pandemia da Covid-19.

Em entrevista nesse mês ao Diário, dom Pedro ressaltou a importância de a Igreja Católica seguir a chamada “opção preferencial pelos pobres” nas suas ações. “A existência da pobreza é a maior ofensa a Deus. Deus criou o homem e deu a fartura de alimentos. A miséria ofende a Deus, essa situação não é culpa Dele. A missão da Igreja é espiritual no seguinte sentido: se você tem fome, o problema é teu. Mas se o seu irmão tem fome, é um problema espiritual seu”, declarou.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;