Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Festa Italiana tem 1.000 voluntários dedicados


Elaine Granconato
Do Diário do Grande ABC

08/08/2011 | 07:00


Eles são incansáveis, praticamente imbatíveis. Menos de 24 horas depois da abertura da Festa Italiana de São Caetano anteontem, já estavam ali novamente, ontem à tarde, a postos, e prontos para mais uma noite de trabalho totalmente voluntário. A remuneração é simplesmente o prazer em servir ao próximo.

Cerca de 1.000 voluntários trabalham no maior evento gastronômico da cidade, que virou tradição nos 19 anos de edição. A festa só começa às 18h, mas eles chegam antes, bem antes, para colocar a casa, literalmente, em ordem.

Na primeira noite, segundo o capitão Robinson Castropil, do 6º Batalhão da Polícia Militar, circularam pelo espaço cerca de 15 mil visitantes. "A gente cansa de verdade, mas é muito bom e prazeroso", afirmou Marina Maia Pregnaca, presidente do Lions Clube São Caetano-Santa Paula, que ontem contabilizava o caixa. Na noite de estreia foram cerca de 500 sanduíches vendidos, entre pernil defumado e linguiça artesanal, diferente da tradicional calabresa e especialmente feita por morador da cidade para a festa.

Com apenas 13 pessoas na barraca, João Pedro Pedullo trabalhou desde a instalação da barraca e dos detalhes da decoração, durante a semana, até colocar a mão na massa propriamente dita. Ele é o chapeiro dos lanches carros-chefes do Santa Paula. "Nós precisamos de mais voluntários. Aqueles que se interessarem podem nos procurar", recomendou Pedullo.

A rotina se repete nas demais entidades. Antes da chegada do público, a limpeza é geral. De um lado, mammas no preparo dos molhos e das massas. Do outro, a colocação das mesas, toalhas e vasos que dão o detalhe especial nos espaços gastronômicos da Fundação dos Rotarianos e da Casa da Amizade.

Na SAB (Sociedade Amigos do Bairro) da Fundação, a entidade que idealizou a festa 19 anos atrás, as simpáticas mammas preparavam a polenta e o frango. Ao fundo, passagem de som do grupo Eric Sanches, principal atração da noite com as imbatíveis canções italianas.

No total, são 22 barracas distribuídas, harmoniosamente, pela Praça Comendador Ermelino Matarazzo e pelas ruas 20 de Julho e Mariano Pamplona, no bairro Fundação. Às 18h, pontualmente, estava tudo organizado e pronto para mais uma noite de alegria, música, comida e vinho.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;