Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Disney acaba com fastpass gratuito em seus parques

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Redação
Do Rota de Férias

23/08/2021 | 21:56


A Disney anunciou que acabará com o sistema de fastpass gratuito em seus parques de Orlando (Disney World) e Califórnia (Disneyland). O recurso, que permitia acessar filas mais rápidas durante a visita aos centros de lazer, será substituído por um aplicativo chamado Genie, que oferecerá pacotes para quem quiser usar o serviço.

Compare aqui os preços de todas as empresas que voam para os EUA e garanta as passagens mais baratas.

A medida entrará em vigor em meados de setembro ou outubro, de acordo com anúncio oficial divulgado pelo grupo. Com o Genie, também será possível fazer reservas de restaurantes, entre outros serviços, e receber roteiros customizados para rodar pelos parques de acordo com seus interesses e na busca por filas menores.

Como era o fastpass gratuito

Até então, para acessar filas mais rápidas no parque da Disney World e Disneyland bastava fazer reservas por meio do fastpass gratuito. Para isso, era preciso entrar no app My Disney Experience ou então ir a totens digitais espalhados pelos parques e escolher três atrações por dia que podiam ser acessadas mais rapidamente em horários pré-determinados.

Vai alugar carro nos EUA? Clique aqui para comparar as opções e encontrar os melhores preços.

Após ir a todos os brinquedos marcados, dava para usar o sistema para reservar outra atração, e assim por diante. O fastpass gratuito, de forma geral, funcionava bem, embora algumas experiências concorridas tinham de ser reservadas com muita antecedência (o limite era 30 dias ou até 60, para quem fosse hóspede dos hotéis da Disney).

Em geral, não se esperava mais do que 30 minutos na fila.

Como será o Genie

Quando o aplicativo Genie substituir definitivamente o fastpass gratuito, o viajante poderá usá-lo de duas maneiras:

Vai alugar carro nos EUA? Clique aqui para comparar as opções e encontrar os melhores preços.

  1. Fechar um pacote de US$ 15 por dia (em Orlando) ou US$ 20 (na Califórnia) para acessar atrações menos concorridas, como Haunted Mansion e Millennium Falcon. Não haverá limite diário de experiências,  mas será permitido apenas um agendamento por vez. Depois de ir ao brinquedo, bastará entrar no aplicativo e fazer uma nova reserva.
  2. Atrações mais concorridas, como Seven Dwarfs Mine Train ou Flight of Passage, serão cobradas à parte. Os valores não foram divulgados, mas vão variar de acordo com o brinquedo e a data escolhida.

E se eu não quiser pagar?

Para usar telefone e internet nos EUA, clique neste link e garanta seu chip viagem internacional. Use o cupom rotadeferias para ganhar até 10% de desconto.

Com o fim do fastpass gratuito na Disney, quem não quiser pagar pelo Genie poderá frequentar normalmente os parques, encarando sempre as filas regulares. De acordo com o complexo, o novo sistema permitirá que a experiência nos centros de lazer fique mais aprimorada a todos, uma vez que os fluxos serão melhor controlados.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;