Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Onix continua imbatível

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Hatch da Chevrolet segue como carro mais vendido e fecha 1º semestre com dobro de vantagem


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

05/07/2019 | 07:00


O Chevrolet Onix pode estar próximo de uma repaginada quase que por completo, mas segue como o preferido do brasileiro. O hatch continua – disparado – na liderança do mercado nacional, encerrando o primeiro semestre com 116.906 unidades emplacadas, mais do que o dobro do segundo colocado, o Hyundai HB20, com 52.995. Os dados são do relatório da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). Na terceira colocação, próximo ao sul-coreano, aparece o Ford Ka, com 50.647 unidades.

Tal cenário mostra duas situações: que o Onix ainda é o favorito e que os carros hatches ainda estão no topo na escolha dos brasileiros, ocupando as três primeiras colocações (veja acima a lista dos 20 mais vendidos nos seis primeiros meses do ano).

O Prisma, quarto colocado na listagem, é o primeiro sedã a aparecer, enquanto o Jeep Renegade, no oitavo lugar nos emplacamentos, lidera entre os SUVs. Já o Toyota Corolla, em 12º, é o sedã grande preferido do público – os outros modelos que integram a listagem se encaixam nas categorias pré-citadas.

MOTIVOS
Mas por que o Chevrolet Onix vende tanto? Três seriam os pontos principais: vendas diretas (para locadoras e prestadoras de serviço), lista de equipamentos (na qual a conectividade e suas tecnologias são os pontos altos) e preço (mesmo que, por R$ 46.590 na versão básica, seja mais caro do que as versões de entrada do HB20 – R$ 44.490 – e Ka – R$ 45.590). 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;