Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Seci venderia fantasias de novo


Verônica Fraidenraich
Do Diário do Grande ABC

14/02/2006 | 07:35


Campeã do grupo 1 do Carnaval de Santo André em 2005 e responsável pela polêmica da venda das roupas, carros alegóricos e samba-enredo para a escola de samba Acadêmicos do Taí, de São Bernardo, no mesmo ano, a Seci diz estar com a consciência tranqüila e animada para mais um ano de disputa. “O regulamento diz que somos proibidos de comprar fantasias, eu não comprei, vendi”, afirma o presidente da Seci, Edvaldo Jatobá de Lima. A Taí ficou com o quarto lugar no ano passado. Tanto o regulamento de Santo André quanto o de São Bernardo não prevêem punição para esse tipo de conduta.

Segundo Lima, para este ano não está prevista nenhuma parceria semelhante. “Mas se alguém quiser comprar, eu vendo.” O presidente diz que está na fase de finalização dos figurinos e carros alegóricos e que demorou por falta de verba. “O preço do tecido aumentou, assim como o custo de vida, por isso, estamos na base do patrocínio, contando com ajuda dos comerciantes do Parque Novo Oratório (bairro da região onde a escola ensaia).”

Com mais de 80% das roupas prontas, a prioridade agora são os carros alegóricos. A escola não tem quadra própria e ensaia e monta os veículos num terreno cedido pela Prefeitura. “Cada grupo de voluntários ficou com a confecção das roupas de uma ala”, afirmou o presidente Lima.

Amazonas – Para este ano, a escola aposta nas lendas e riquezas da Amazonas. “Teremos alas do sol e da lua, dos índios, da mata e lendas como boi bumbá”, antecipa o presidente. A comissão de frente, segredo de todas as escolas, Lima faz segredo e diz apenas que irá representar as águas. A Seci desfila na avenida Firestone no dia 25, e, por ser campeã de 2005, teve direito a escolher o horário: à meia-noite.

Fundação – 28/10/1988
Títulos no grupo 1 – campeã em 2005, vice em 2003 e 96
Cores – Vermelha, preta e branca
Quadra – Av.das Nações, 2.163
Ensaios – Quartas, sextas, sábados e domingos, às 20h
Tema-enredo 2006
Amazonas, lendas e riqueza de um paraíso verde
Presidente - Edvaldo Jatobá de Lima
Carnavalesco – Joel
Total de alas – 12
Carros alegóricos – 4
Componentes – 500
Compositores – Claudionor, Eliezer, Xandi e Ailton do Cavaco.
Intérpretes – Paulinho Bandana, Zé Carlos, Ulisses e Eliezer.

Por entre rios e matas, lá vou eu, vou por aí
Vou festejar o Carnaval, com meu grande amor Seci
Contando histórias e lendas de um povo milenar
Que com amor e alegria, respeitavam a terra e o ar
Kuat iaê, os deuses da sabedoria
Mostraram ao homem a natureza
E as belezas que dão cor ao dia-a-dia
Bis
Mani partiu, ô partiu
Das lágrimas da mãe se fez brotar
Planta bela, de raiz forte
Para o seu povo alimentar
Com a força e o poder da natureza
Surgiu então o guaraná e o açaí
Para nos fortalecer, matar a sede
Em homenagem às lágrimas de iaça
Ah! Rio Amazonas, que a beleza da lua refletiu
Surgindo assim, vitória régia
Em reverência à linda naia que partiu
Bis
Bumba meu boi, meu boi bumba
Vem caprichoso que eu tô garantido
De vermelho e branco na avenida
Quero ver meu povo sorrindo.


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;