Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Jogadores demonstram apoio a Sandro Gaúcho


Dérek Bittencourt
Especial para o Diário

05/09/2008 | 07:04


O técnico Sandro Gaúcho ainda não sabe o que é vencer na Copa Paulista de Futebol. Desde que assumiu o lugar de Aílton Silva - que se transferiu para o sub-20 do São Bento, de Sorocaba -, o treinador da equipe B do Santo André soma uma derrota (contra o Bragantino) e dois empates (contra São José e Santista). Com isso, o Ramalhão deixou a liderança do Grupo 4 - é o vice-líder, com 15, um atrás do Bragantino.

Para reverter esse panorama e dar o primeiro resultado positivo ao ex-atacante do time, os jogadores estão buscando um algo a mais em campo como forma de homenagear e auxiliar Sandro Gaúcho.

"Além de técnico, ele é um amigo para todos nós", disse o meia Léo, que lamentou ter perdido o pênalti diante da Portuguesa Santista, que poderia ter dado a vitória à equipe andreense.

O treinador, por sua vez, elogia a forma como é tratado e como o elenco responde, mas se esquiva de uma possível ajuda dos atletas para conquistar a primeira vitória no comando.

"O ambiente é muito bom. Acredito que eles não queiram fazer isso somente por minha causa, mas sim porque estão há três jogos sem vencer e precisam reverter isso", disse o treinador.

Além disso, reconquistar a liderança da chave é outro objetivo de todo o elenco e da comissão técnica. "Eles estão atrás disso e querem fazer o quanto antes, para seguir em busca da classificação e dar uma tranqüilidade maior ao time", concluiu.

O Santo André volta a campo no domingo, contra o Flamengo, em Guarulhos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jogadores demonstram apoio a Sandro Gaúcho

Dérek Bittencourt
Especial para o Diário

05/09/2008 | 07:04


O técnico Sandro Gaúcho ainda não sabe o que é vencer na Copa Paulista de Futebol. Desde que assumiu o lugar de Aílton Silva - que se transferiu para o sub-20 do São Bento, de Sorocaba -, o treinador da equipe B do Santo André soma uma derrota (contra o Bragantino) e dois empates (contra São José e Santista). Com isso, o Ramalhão deixou a liderança do Grupo 4 - é o vice-líder, com 15, um atrás do Bragantino.

Para reverter esse panorama e dar o primeiro resultado positivo ao ex-atacante do time, os jogadores estão buscando um algo a mais em campo como forma de homenagear e auxiliar Sandro Gaúcho.

"Além de técnico, ele é um amigo para todos nós", disse o meia Léo, que lamentou ter perdido o pênalti diante da Portuguesa Santista, que poderia ter dado a vitória à equipe andreense.

O treinador, por sua vez, elogia a forma como é tratado e como o elenco responde, mas se esquiva de uma possível ajuda dos atletas para conquistar a primeira vitória no comando.

"O ambiente é muito bom. Acredito que eles não queiram fazer isso somente por minha causa, mas sim porque estão há três jogos sem vencer e precisam reverter isso", disse o treinador.

Além disso, reconquistar a liderança da chave é outro objetivo de todo o elenco e da comissão técnica. "Eles estão atrás disso e querem fazer o quanto antes, para seguir em busca da classificação e dar uma tranqüilidade maior ao time", concluiu.

O Santo André volta a campo no domingo, contra o Flamengo, em Guarulhos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;