Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com facilidade e casa cheia, Corinthians vence Joinville

Marina Brandão/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Na estreia no horário da manhã e com recorde de
público, equipe faz 3 a 0 e chega aos 54 pontos


Rafael Mendonça

14/09/2015 | 07:00


Na estreia no horário matinal e com recorde de público (41.809 pagantes) na Arena Corinthians em jogos de clube, o Timão não teve dificuldades para vencer o Joinville por 3 a 0, neste domingo, chegar aos 54 pontos, na liderança do Brasileiro, e abrir vantagem de cinco para o vice-líder Atlético-MG, que ficou no 1 a 1 com o Cruzeiro. Além disso, o Alvinegro alcançou o 17º jogo seguido sem derrota no torneio. Já os catarinenses seguem na vice-lanterna – 22.

Após roubar o lugar de Malcom no ataque, Rildo teve de deixar o campo aos quatro minutos. Após dividida na lateral, ele caiu mal e lesionou o ombro esquerdo. E, em seu lugar, entrou justamente Malcom.

Vagner Love teve a chance de abrir o placar aos 11. Ele aproveitou cruzamento de Elias na área, finalizou para defesa de Agenor e, no rebote, mandou por cima, perdendo grande oportunidade.

Em contra-ataque aos 22, Edson Ratinho carregou na intermediária e arriscou de longe, mas Cássio espalmou para o lado. Três minutos depois, Love errou novamente. Ele invadiu a área, mas demorou a bater e foi travado.

Quem não perdeu a chance foi Malcom. Aos 38, ele recebeu de Uendel e finalizou no canto direito de Agenor, anotando o primeiro.

No começo do segundo tempo, aos sete, quase o empate do Joinville. Edigar Junio foi lançado na área e tocou por cima de Cássio. A bola entraria no gol, mas Felipe chegou a tempo e salvou o Timão.

Com Malcom pela esquerda, o Corinthians chegou ao segundo. O atacante apareceu bem na linha de fundo e cruzou para Jadson na marca de pênalti. O meia finalizou, a bola bateu na zaga e sobrou para Uendel pegar, de direita, e mandar para a rede.

Com os 2 a 0 no placar, o Alvinegro apenas administrou a vantagem trocando passes e mantendo a posse de bola. Mas ainda deu tempo para Vagner Love se redimir após perder duas chances na etapa inicial. Ele foi lançado por Renato Augusto, e tocou na saída de Agenor, ratificando a vitória.

Tite exalta marca de 17 jogos invicto

Com a vitória por 3 a 0 sobre o Joinville, o Corinthians chegou ao 17º jogo seguido sem perder no Brasileirão – com 12 vitórias e cinco empates. Sabendo da dificuldade da competição, Tite destacou a marca alcançada.

“É algo fora do padrão em função do equilíbrio deste campeonato, mas também digno de elogios e registro, pois é uma equipe de trabalhadores. É importante, pois é muito difícil manter este ritmo. Inevitavelmente vamos perder, mas queremos deixar isso mais para frente possível”, analisou o treinador.

Incomodado pelo fato de ter perdido duas oportunidades no primeiro tempo, Vagner Love falou sobre o lance do terceiro gol. “Sabia que seria minha última chance e que teria de marcar. Graças a Deus fui feliz na conclusão. Trabalhei muito para isso e sabia que uma hora tudo daria certo”, observou.

RILDO PARA; LINCOM CHEGA
Após dura falta de Anselmo, Rildo teve de sair de campo logo aos quatro minutos de jogo. Mais tarde, foi constatado luxação acrômio clavicular no ombro esquerdo. Ele deve parar por ao menos um mês e há possibilidade de cirurgia.

Porém, ainda ontem, o Corinthians acertou o empréstimo do atacante Lincom junto ao Bragantino. O jogador, 31 anos e 1,92 m, deve assinar contrato com o clube hoje. RM


 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com facilidade e casa cheia, Corinthians vence Joinville

Na estreia no horário da manhã e com recorde de
público, equipe faz 3 a 0 e chega aos 54 pontos

Rafael Mendonça

14/09/2015 | 07:00


Na estreia no horário matinal e com recorde de público (41.809 pagantes) na Arena Corinthians em jogos de clube, o Timão não teve dificuldades para vencer o Joinville por 3 a 0, neste domingo, chegar aos 54 pontos, na liderança do Brasileiro, e abrir vantagem de cinco para o vice-líder Atlético-MG, que ficou no 1 a 1 com o Cruzeiro. Além disso, o Alvinegro alcançou o 17º jogo seguido sem derrota no torneio. Já os catarinenses seguem na vice-lanterna – 22.

Após roubar o lugar de Malcom no ataque, Rildo teve de deixar o campo aos quatro minutos. Após dividida na lateral, ele caiu mal e lesionou o ombro esquerdo. E, em seu lugar, entrou justamente Malcom.

Vagner Love teve a chance de abrir o placar aos 11. Ele aproveitou cruzamento de Elias na área, finalizou para defesa de Agenor e, no rebote, mandou por cima, perdendo grande oportunidade.

Em contra-ataque aos 22, Edson Ratinho carregou na intermediária e arriscou de longe, mas Cássio espalmou para o lado. Três minutos depois, Love errou novamente. Ele invadiu a área, mas demorou a bater e foi travado.

Quem não perdeu a chance foi Malcom. Aos 38, ele recebeu de Uendel e finalizou no canto direito de Agenor, anotando o primeiro.

No começo do segundo tempo, aos sete, quase o empate do Joinville. Edigar Junio foi lançado na área e tocou por cima de Cássio. A bola entraria no gol, mas Felipe chegou a tempo e salvou o Timão.

Com Malcom pela esquerda, o Corinthians chegou ao segundo. O atacante apareceu bem na linha de fundo e cruzou para Jadson na marca de pênalti. O meia finalizou, a bola bateu na zaga e sobrou para Uendel pegar, de direita, e mandar para a rede.

Com os 2 a 0 no placar, o Alvinegro apenas administrou a vantagem trocando passes e mantendo a posse de bola. Mas ainda deu tempo para Vagner Love se redimir após perder duas chances na etapa inicial. Ele foi lançado por Renato Augusto, e tocou na saída de Agenor, ratificando a vitória.

Tite exalta marca de 17 jogos invicto

Com a vitória por 3 a 0 sobre o Joinville, o Corinthians chegou ao 17º jogo seguido sem perder no Brasileirão – com 12 vitórias e cinco empates. Sabendo da dificuldade da competição, Tite destacou a marca alcançada.

“É algo fora do padrão em função do equilíbrio deste campeonato, mas também digno de elogios e registro, pois é uma equipe de trabalhadores. É importante, pois é muito difícil manter este ritmo. Inevitavelmente vamos perder, mas queremos deixar isso mais para frente possível”, analisou o treinador.

Incomodado pelo fato de ter perdido duas oportunidades no primeiro tempo, Vagner Love falou sobre o lance do terceiro gol. “Sabia que seria minha última chance e que teria de marcar. Graças a Deus fui feliz na conclusão. Trabalhei muito para isso e sabia que uma hora tudo daria certo”, observou.

RILDO PARA; LINCOM CHEGA
Após dura falta de Anselmo, Rildo teve de sair de campo logo aos quatro minutos de jogo. Mais tarde, foi constatado luxação acrômio clavicular no ombro esquerdo. Ele deve parar por ao menos um mês e há possibilidade de cirurgia.

Porém, ainda ontem, o Corinthians acertou o empréstimo do atacante Lincom junto ao Bragantino. O jogador, 31 anos e 1,92 m, deve assinar contrato com o clube hoje. RM


 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;