Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Força Sindical comemora salário mínimo de R$ 275


Do Diário OnLine
Com Agências

18/06/2004 | 01:04


O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, comemorou a aprovação pelo Senado do salário mínimo de R$ 275 – R$ 15 acima da proposta do governo. Para Paulinho, que é pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PDT, "o bom senso dos senadores venceu a intransigência do governo".

Paulinho aproveitou a ocasião para estocar o governo Lula. "Lamentamos que o governo, que foi eleito sobre o signo da mudança, insistia em dar um irrisório reajuste de R$20 no salário mínimo."

Confira a íntegra da nota oficial

"O bom senso dos senadores venceu a intransigência do governo. A aprovação do salário mínimo de R$ 275 dá claros sinais de sensibilidade do Senado para com os trabalhadores brasileiros. Lamentamos que o governo, que foi eleito sobre o signo da mudança, insistia em dar um irrisório reajuste de R$20 no salário mínimo. Felizmente, neste caso, a sensibilidade social dos senadores prevaleceu.

Vale ressaltar que o desenvolvimento econômico é uma conseqüência do desenvolvimento social. E, para que a sociedade tenha uma vida digna, é preciso que o salário dos cidadãos atenda às suas necessidades mínimas."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Força Sindical comemora salário mínimo de R$ 275

Do Diário OnLine
Com Agências

18/06/2004 | 01:04


O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, comemorou a aprovação pelo Senado do salário mínimo de R$ 275 – R$ 15 acima da proposta do governo. Para Paulinho, que é pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PDT, "o bom senso dos senadores venceu a intransigência do governo".

Paulinho aproveitou a ocasião para estocar o governo Lula. "Lamentamos que o governo, que foi eleito sobre o signo da mudança, insistia em dar um irrisório reajuste de R$20 no salário mínimo."

Confira a íntegra da nota oficial

"O bom senso dos senadores venceu a intransigência do governo. A aprovação do salário mínimo de R$ 275 dá claros sinais de sensibilidade do Senado para com os trabalhadores brasileiros. Lamentamos que o governo, que foi eleito sobre o signo da mudança, insistia em dar um irrisório reajuste de R$20 no salário mínimo. Felizmente, neste caso, a sensibilidade social dos senadores prevaleceu.

Vale ressaltar que o desenvolvimento econômico é uma conseqüência do desenvolvimento social. E, para que a sociedade tenha uma vida digna, é preciso que o salário dos cidadãos atenda às suas necessidades mínimas."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;