Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

São Bernardo, mire-se no bom exemplo de Mauá


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

23/06/2017 | 07:00


Está no ar o programa desta semana da Memória na TV, pelas ondas da DGABC TV. É só acessar www.dgabc.com.br . Vocês conhecerão a professora Cecília Camargo, intelectual mauaense que leva adiante o projeto de construção cultural e da memória da sua cidade.

Mais ainda: na conversa que tivemos com a professora Cecília, tocamos num tema delicado: o mau exemplo de São Bernardo, que alterou a composição do Compahc – o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico e Cultural batateiro. Pelo que entendemos, coisa do vereador Minami, que trocou a Câmara pela Prefeitura.

Minami, a Memória está aberta para a sua versão. O certo é que o Compahc não é mais paritário. A sociedade civil foi, escandalosamente, colocada em escanteio. A grande maioria dos integrantes é formada por servidores municipais, subordinados ao prefeito Orlando Morando.

Ou seja: a atual composição do Compahc-São Bernardo tem de ser muito idealista para peitar alguma decisão que venha do 18º andar do Paço, ou do andar onde fica o Minami. Se prefeito e secretário não quiserem o tombamento de determinado bem, ou quiserem o ‘destombamento’ de algum outro, terão os conselheiros ‘chapa-branca’ peito para dizerem ‘não’?

Memória recebeu um e-mail não assinado questionando as mudanças. E quando pedimos para que o autor aparecesse para uma entrevista, ‘ouvimos’ o silêncio.

Também aqui fica o exemplo de Mauá para São Bernardo: a professora Cecília Camargo veio ao Diário, falou livremente dos passos do Conselho do Patrimônio Histórico de Mauá, citou bens importantíssimos que Mauá destruiu e não titubeou ao ouvir nossas dúvidas sobre as alterações promovidas em São Bernardo – contrárias ao bom trabalho de preservação da memória local.

Professora Cecília lembrou que a composição do Conselho de Mauá é formada por cinco representantes da sociedade civil, três representantes da Prefeitura e dois da Câmara Municipal.

“O Sistema Nacional de Cultura pede que todos os conselhos tenham paridade: o mesmo número de representantes da sociedade civil e do poder público, ensina a professora Cecília.

Cecília disse mais. Trouxe fotos exuberantes da sua Mauá e de Santo André. Ela realiza um artigo científico para o término do curso de museografia que realiza. E o tema de conclusão refere-se exatamente à atividade do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico e Arquitetônico de Mauá.

Assistam ao programa. E saibam que a Cecília continuará conosco, porque hoje, nesta apresentação, falamos mais de São Bernardo do que de Mauá. E Mauá, pela palavra da Cecília, tem muito a dizer. E a ensinar. Viu São Bernardo (autoridades e conselheiros silenciosos)?


Fala Cecília

As reuniões do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico de Mauá são abertas à população. Quem quer, assiste. Naturalmente, os votos das matérias são prerrogativa dos conselheiros.

Véspera de São João

Também as antigas festas joaninas eram realizadas na véspera do dia do santo. Por isso, vai ter festa hoje à noite no Alameda Glória, em São Bernardo. O Marotinho convida. O clube fica à Rua Príncipe Humberto, 315, Vila Duzzi. Informações: 4125-7667.


Diário há 30 anos

Terça-feira, 23 de junho de 1987 – ano 30, edição nº 6475

Manchete – Bresser (Pereira, ministro da Fazenda) já admite rever pagamento
dos resíduos

Primeira Divisão – No Bruno Daniel, EC Santo André 2, Novorizontino 1.

Em 23 de junho de...


1887 –
Família Batistini chega ao Porto de Santos e, dali, viaja para o Núcleo Colonial de São Bernardo. Suas colônias formam hoje o bairro Batistini. O embarque ocorreu em 30 de maio no Porto de Gênova.

Vejam só que legal: a notícia da viagem dos Batistini, no século 19, saiu no Estadão, verdadeiro documento histórico que esta página Memória descobriu, feliz.

Nota – Cento e 30 anos depois, o Grande Batistini celebra a fundação do bairro, numa iniciativa do vereador Jorge Araujo.

O programa de festejos já está pronto, com sessão solene na Câmara Municipal, show artístico e missa solene, nos dias 7, 8 e 9 de julho. Memória acompanhará e divulgará.

1917 – O diretório político do município de São Bernardo, com abrangência sobre todo o espaço do atual Grande ABC, mandava qualificar os novos eleitores.

A guerra. Do noticiário do Estadão: chegada da esquadra norte-americana ao Rio de Janeiro.


Hoje


Dia do Atleta Olímpico. Homenageia a criação do Comitê Olímpico Internacional (COI), em 23 de junho de 1894, em Paris, por iniciativa do Barão Pierre de Coubertin.

Dia Internacional das Aldeias SOS. Organização sem fins lucrativos fundada,
em 1949, pelo educador austríaco Hermann Gmeiner.

Santos do Dia

Hoje, o Dia do Sagrado Coração de Jesus, uma data móvel que se comemora na segunda sexta-feira
após o Corpo de Cristo.

Consiste no louvor ao amor íntimo de Jesus pelos homens, na adoração ao coração que mais ama. Para os católicos, foi deste Coração de Jesus que se abriram as portas do céu e que nasceu a Igreja do Senhor.

Esta devoção terá sido pedida pelo próprio Jesus Cristo, por intermédio de aparições
a Santa Margarida Maria Alacoque, no
século XVII.

Fonte: blog Calendarr Portugal.

Agripina. Virgem e mártir
Edeltrudes

José Cafasso
Lanfranco de Pavía


Municípios Brasileiros

Celebram seus aniversários em 23 de junho:

Em Tocantins, Babaçulândia, Cristalândia e Pium
Em Goiás, Cristianópolis

Na Bahia, Esplanada
No Ceará, Eusébio e Itapiúna

No Paraná, Farol
Em São Paulo, Jacupiranga

Em Santa Catarina, Rio do Oeste
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Bernardo, mire-se no bom exemplo de Mauá

Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

23/06/2017 | 07:00


Está no ar o programa desta semana da Memória na TV, pelas ondas da DGABC TV. É só acessar www.dgabc.com.br . Vocês conhecerão a professora Cecília Camargo, intelectual mauaense que leva adiante o projeto de construção cultural e da memória da sua cidade.

Mais ainda: na conversa que tivemos com a professora Cecília, tocamos num tema delicado: o mau exemplo de São Bernardo, que alterou a composição do Compahc – o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico e Cultural batateiro. Pelo que entendemos, coisa do vereador Minami, que trocou a Câmara pela Prefeitura.

Minami, a Memória está aberta para a sua versão. O certo é que o Compahc não é mais paritário. A sociedade civil foi, escandalosamente, colocada em escanteio. A grande maioria dos integrantes é formada por servidores municipais, subordinados ao prefeito Orlando Morando.

Ou seja: a atual composição do Compahc-São Bernardo tem de ser muito idealista para peitar alguma decisão que venha do 18º andar do Paço, ou do andar onde fica o Minami. Se prefeito e secretário não quiserem o tombamento de determinado bem, ou quiserem o ‘destombamento’ de algum outro, terão os conselheiros ‘chapa-branca’ peito para dizerem ‘não’?

Memória recebeu um e-mail não assinado questionando as mudanças. E quando pedimos para que o autor aparecesse para uma entrevista, ‘ouvimos’ o silêncio.

Também aqui fica o exemplo de Mauá para São Bernardo: a professora Cecília Camargo veio ao Diário, falou livremente dos passos do Conselho do Patrimônio Histórico de Mauá, citou bens importantíssimos que Mauá destruiu e não titubeou ao ouvir nossas dúvidas sobre as alterações promovidas em São Bernardo – contrárias ao bom trabalho de preservação da memória local.

Professora Cecília lembrou que a composição do Conselho de Mauá é formada por cinco representantes da sociedade civil, três representantes da Prefeitura e dois da Câmara Municipal.

“O Sistema Nacional de Cultura pede que todos os conselhos tenham paridade: o mesmo número de representantes da sociedade civil e do poder público, ensina a professora Cecília.

Cecília disse mais. Trouxe fotos exuberantes da sua Mauá e de Santo André. Ela realiza um artigo científico para o término do curso de museografia que realiza. E o tema de conclusão refere-se exatamente à atividade do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico e Arquitetônico de Mauá.

Assistam ao programa. E saibam que a Cecília continuará conosco, porque hoje, nesta apresentação, falamos mais de São Bernardo do que de Mauá. E Mauá, pela palavra da Cecília, tem muito a dizer. E a ensinar. Viu São Bernardo (autoridades e conselheiros silenciosos)?


Fala Cecília

As reuniões do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico de Mauá são abertas à população. Quem quer, assiste. Naturalmente, os votos das matérias são prerrogativa dos conselheiros.

Véspera de São João

Também as antigas festas joaninas eram realizadas na véspera do dia do santo. Por isso, vai ter festa hoje à noite no Alameda Glória, em São Bernardo. O Marotinho convida. O clube fica à Rua Príncipe Humberto, 315, Vila Duzzi. Informações: 4125-7667.


Diário há 30 anos

Terça-feira, 23 de junho de 1987 – ano 30, edição nº 6475

Manchete – Bresser (Pereira, ministro da Fazenda) já admite rever pagamento
dos resíduos

Primeira Divisão – No Bruno Daniel, EC Santo André 2, Novorizontino 1.

Em 23 de junho de...


1887 –
Família Batistini chega ao Porto de Santos e, dali, viaja para o Núcleo Colonial de São Bernardo. Suas colônias formam hoje o bairro Batistini. O embarque ocorreu em 30 de maio no Porto de Gênova.

Vejam só que legal: a notícia da viagem dos Batistini, no século 19, saiu no Estadão, verdadeiro documento histórico que esta página Memória descobriu, feliz.

Nota – Cento e 30 anos depois, o Grande Batistini celebra a fundação do bairro, numa iniciativa do vereador Jorge Araujo.

O programa de festejos já está pronto, com sessão solene na Câmara Municipal, show artístico e missa solene, nos dias 7, 8 e 9 de julho. Memória acompanhará e divulgará.

1917 – O diretório político do município de São Bernardo, com abrangência sobre todo o espaço do atual Grande ABC, mandava qualificar os novos eleitores.

A guerra. Do noticiário do Estadão: chegada da esquadra norte-americana ao Rio de Janeiro.


Hoje


Dia do Atleta Olímpico. Homenageia a criação do Comitê Olímpico Internacional (COI), em 23 de junho de 1894, em Paris, por iniciativa do Barão Pierre de Coubertin.

Dia Internacional das Aldeias SOS. Organização sem fins lucrativos fundada,
em 1949, pelo educador austríaco Hermann Gmeiner.

Santos do Dia

Hoje, o Dia do Sagrado Coração de Jesus, uma data móvel que se comemora na segunda sexta-feira
após o Corpo de Cristo.

Consiste no louvor ao amor íntimo de Jesus pelos homens, na adoração ao coração que mais ama. Para os católicos, foi deste Coração de Jesus que se abriram as portas do céu e que nasceu a Igreja do Senhor.

Esta devoção terá sido pedida pelo próprio Jesus Cristo, por intermédio de aparições
a Santa Margarida Maria Alacoque, no
século XVII.

Fonte: blog Calendarr Portugal.

Agripina. Virgem e mártir
Edeltrudes

José Cafasso
Lanfranco de Pavía


Municípios Brasileiros

Celebram seus aniversários em 23 de junho:

Em Tocantins, Babaçulândia, Cristalândia e Pium
Em Goiás, Cristianópolis

Na Bahia, Esplanada
No Ceará, Eusébio e Itapiúna

No Paraná, Farol
Em São Paulo, Jacupiranga

Em Santa Catarina, Rio do Oeste
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;