Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

A Friboi cruzou o caminho de Cidão


Raphael Rocha
do Diário do Grande ABC

02/06/2017 | 07:00


Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano e ex-vereador da cidade, Cidão do Sindicato (SD) apareceu na lista de políticos que receberam doações da JBS. E o ex-parlamentar relatou que não foi a primeira vez que empresa do grupo do ramo frigorífico cruzou seu caminho de forma negativa. Ele possui um sítio no Interior de Minas Gerais, na cidade de Heliodora, e lá amigos fazendeiros dele relataram que a Friboi, uma das companhias mantidas pela holding J&F (que controla a JBS), estava sufocando a economia rural da região. “A cada vez que ia para meu sítio ouvia falar de um frigorífico ou matadouro que tinha fechado por causa da Friboi. Agora vem essa comigo”. Cidão alega que o recurso foi direcionado pela direção nacional do Solidariedade. “Nunca vi ninguém da Friboi.”

Reviravolta

Intrigou a presença do ex-prefeito de Mauá Donisete Braga (PT) na palestra ministrada pelo ex-ministro Ciro Gomes (PDT) na USCS (Universidade Municipal de São Caetano). Tudo porque, nos bastidores, estava cada vez mais remota uma possibilidade de troca partidária por parte de Donisete. Ciro se tornou o maior expoente do PDT nacional e fala que será presidenciável em 2018. Donisete chegou a construir conversas com dirigentes pedetistas no passado para se candidatar a deputado estadual pela sigla.

Posse

Foi marcada para o dia 10 a posse do ex-prefeito de São Bernardo Luiz Marinho como presidente do PT estadual. O ato acontece a partir das 9h30, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Marinho foi eleito para chefiar o partido em São Paulo no começo do mês passado. O ex-chefe do Executivo tenta se credenciar a disputar o governo paulista em 2018.

O culpado

Vice-prefeito de São Bernardo, Marcelo Lima (SD) consultou seus advogados após seu nome aparecer na lista de políticos que receberam doação da JBS. Foi orientado a falar que o recurso teve origem das direções nacional e estadual, principalmente por intermédio do deputado federal Alex Manente (PPS), com quem fez dobrada conturbada na eleição de 2014.

Diferenças

Enquanto Brás Marinho, presidente reeleito do PT de São Bernardo, fez questão de ignorar os vereadores na mesa de autoridades durante a solenidade de recondução ao cargo, o presidente do PT de Santo André, Zé Paulo Nogueira, chamou os parlamentares petistas da cidade, deu direito de discurso a todos e, inclusive, autorizou saudação da vereadora Ana Nice, do PT são-bernardense.

Inércia

Mais uma vez a Câmara de Ribeirão Pires ficou sem votar projetos. Há pelo menos três semanas que nada é votado pelos vereadores. A promessa é de incluir matérias de relevância na discussão da próxima semana. O grande destaque da sessão de ontem foi a troca dos microfones utilizados pelos parlamentares. Todos elogiaram a medida.

Revogação

O prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), revogou um decreto que obrigava o governo a informar o Ministério Público e a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) sobre processos de licitação abertos pela Prefeitura com valores acima de R$ 1,5 milhão. A revogação foi assinada por Atila e pelos secretários de Finanças, Valtemir Pereira, e de Justiça e Defesa da Cidadania, Rogério Babichak. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

A Friboi cruzou o caminho de Cidão

Raphael Rocha
do Diário do Grande ABC

02/06/2017 | 07:00


Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano e ex-vereador da cidade, Cidão do Sindicato (SD) apareceu na lista de políticos que receberam doações da JBS. E o ex-parlamentar relatou que não foi a primeira vez que empresa do grupo do ramo frigorífico cruzou seu caminho de forma negativa. Ele possui um sítio no Interior de Minas Gerais, na cidade de Heliodora, e lá amigos fazendeiros dele relataram que a Friboi, uma das companhias mantidas pela holding J&F (que controla a JBS), estava sufocando a economia rural da região. “A cada vez que ia para meu sítio ouvia falar de um frigorífico ou matadouro que tinha fechado por causa da Friboi. Agora vem essa comigo”. Cidão alega que o recurso foi direcionado pela direção nacional do Solidariedade. “Nunca vi ninguém da Friboi.”

Reviravolta

Intrigou a presença do ex-prefeito de Mauá Donisete Braga (PT) na palestra ministrada pelo ex-ministro Ciro Gomes (PDT) na USCS (Universidade Municipal de São Caetano). Tudo porque, nos bastidores, estava cada vez mais remota uma possibilidade de troca partidária por parte de Donisete. Ciro se tornou o maior expoente do PDT nacional e fala que será presidenciável em 2018. Donisete chegou a construir conversas com dirigentes pedetistas no passado para se candidatar a deputado estadual pela sigla.

Posse

Foi marcada para o dia 10 a posse do ex-prefeito de São Bernardo Luiz Marinho como presidente do PT estadual. O ato acontece a partir das 9h30, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Marinho foi eleito para chefiar o partido em São Paulo no começo do mês passado. O ex-chefe do Executivo tenta se credenciar a disputar o governo paulista em 2018.

O culpado

Vice-prefeito de São Bernardo, Marcelo Lima (SD) consultou seus advogados após seu nome aparecer na lista de políticos que receberam doação da JBS. Foi orientado a falar que o recurso teve origem das direções nacional e estadual, principalmente por intermédio do deputado federal Alex Manente (PPS), com quem fez dobrada conturbada na eleição de 2014.

Diferenças

Enquanto Brás Marinho, presidente reeleito do PT de São Bernardo, fez questão de ignorar os vereadores na mesa de autoridades durante a solenidade de recondução ao cargo, o presidente do PT de Santo André, Zé Paulo Nogueira, chamou os parlamentares petistas da cidade, deu direito de discurso a todos e, inclusive, autorizou saudação da vereadora Ana Nice, do PT são-bernardense.

Inércia

Mais uma vez a Câmara de Ribeirão Pires ficou sem votar projetos. Há pelo menos três semanas que nada é votado pelos vereadores. A promessa é de incluir matérias de relevância na discussão da próxima semana. O grande destaque da sessão de ontem foi a troca dos microfones utilizados pelos parlamentares. Todos elogiaram a medida.

Revogação

O prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), revogou um decreto que obrigava o governo a informar o Ministério Público e a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) sobre processos de licitação abertos pela Prefeitura com valores acima de R$ 1,5 milhão. A revogação foi assinada por Atila e pelos secretários de Finanças, Valtemir Pereira, e de Justiça e Defesa da Cidadania, Rogério Babichak. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;