Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Norueguês substitui 'herói' brasileiro no comando do Iraque


Da AFP

17/09/2007 | 10:39


O ex-técnico da Noruega Egil Roger Olsen assinou um contrato de três anos para treinar a equipe nacional do Iraque, atual campeã da Ásia, no lugar do brasileiro Jorvan Vieira, anunciou nesta segunda-feira o treinador. "Acabo de assinar", declarou Egil Roger Olsen, 65 anos, citado na página na internet da rádio NRK.

Sob seu comando entre 1990 e 1998, a seleção nacional da Noruega viveu sua melhor fase, com duas participações em Copas do Mundo, em 1994 nos Estados Unidos e em 1998 na França.

Em julho, a seleção do Iraque, para surpresa geral, conquistou a Copa da Ásia de futebol ao derrotar a Arábia Saudita (1 a 0) na final. Apesar de ter sido considerado um herói pelo povo iraquiano, o treinador brasileiro Jorvan Vieira, que liderou a seleção campeã, não aceitou permanecer no cargo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Norueguês substitui 'herói' brasileiro no comando do Iraque

Da AFP

17/09/2007 | 10:39


O ex-técnico da Noruega Egil Roger Olsen assinou um contrato de três anos para treinar a equipe nacional do Iraque, atual campeã da Ásia, no lugar do brasileiro Jorvan Vieira, anunciou nesta segunda-feira o treinador. "Acabo de assinar", declarou Egil Roger Olsen, 65 anos, citado na página na internet da rádio NRK.

Sob seu comando entre 1990 e 1998, a seleção nacional da Noruega viveu sua melhor fase, com duas participações em Copas do Mundo, em 1994 nos Estados Unidos e em 1998 na França.

Em julho, a seleção do Iraque, para surpresa geral, conquistou a Copa da Ásia de futebol ao derrotar a Arábia Saudita (1 a 0) na final. Apesar de ter sido considerado um herói pelo povo iraquiano, o treinador brasileiro Jorvan Vieira, que liderou a seleção campeã, não aceitou permanecer no cargo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;